..
  NOSSOS ANUNCIANTES SŐO A GARANTIA DE CONTEÚDO SEMPRE MELHOR E GRATUITO

P
O
L
Í
C
I
A









Ladrões assaltam mais
duas agências do Besc

Bando leva três malotes com mais de R$ 30 mil em Joinville e na Capital o roubo rendeu R$ 4 mil

Marcos de Oliveira

Joinville - Duas agências do Besc foram assaltadas ontem - uma na Capital e outra em Joinville. Em Florianópolis, um trio levou R$ 4 mil do posto bancário no interior do Detran, no bairro Estreito (Continente). Em Joinville, três homens bem trajados, armados de pistolas semiautomáticas de grosso calibre, entraram na agência do bairro Iririú, às 8h50, e roubaram três malotes contendo entre R$ 20 a R$ 30 mil em dinheiro e cheques. Até a noite de ontem a polícia não tinha nenhuma pista dos assaltantes.

Para entrar na agência do Iririú, antes das 10 horas (horário oficial de abertura do banco), o bando esperou o gerente Édson Prust estacionar seu carro e em seguida, apontando armas, lhe avisaram que se tratava de um assalto. Ordenaram que fosse para a agência normalmente, sem reagir, caso contrário o matariam.

Ele é o primeiro a chegar ao banco e utiliza a porta lateral do prédio. Dessa forma os assaltantes evitaram ter que passar pela porta giratória anti-roubo, que certamente travaria ao detectar as armas. Sem que ninguém suspeitasse do que estava ocorrendo no interior do Besc, o trio permaneceu durante 45 minutos e aguardou a chegada de todos os 15 funcionários. O vigia foi rendido no momento em que abriu a porta para o gerente, teve a arma apenas desmuniciada, não foi roubada. Todos foram rendidos e permaneceram sob a mira de armas.

Depois de roubarem três malotes pequenos, os assaltantes obrigaram Prust a entregar as chaves de seu veículo Corsa. Enquanto o grupo fugia, um quarto integrante do bando dava cobertura na fuga. Mais tarde o Corsa foi encontrado abandonado na rua Joaçaba, no bairro Saguaçu.

Este foi o quinto assalto contra esta agência do Besc e a primeira depois que foi implantada a porta giratória. Nos roubos anteriores os ladrões levaram aproximadamente R$ 260 mil.


Bando faz dois roubos em seqüência

Florianópolis - Três homens armados roubaram ontem, às 15h15, o posto do Besc no interior do Detran, no bairro Estreito, na Capital, e fugiram levando R$ 4 mil dos quatro caixas que estavam funcionando, além da arma do vigilante. Quinze minutos antes, eles haviam assaltado uma empresa em Palhoça e de lá levado o carro ­ um Corsa azul ­ usado para ação no posto bancário. O carro foi abandonado a cerca de 500 metros do Detran.

Dois assaltantes entraram no posto e umm terceiro ficou esperando do lado de fora. O assalto foi muito rápido e eles ameaçaram atirar se alguém ultrapassasse a porta enquanto estivessem fugindo. Como no cofre não havia dinheiro levaram apenas o que havia nos quatro caixas: R$ 4.003,45. (Marco Antonio Zanfra)


Estelionatários lesam
empresários endividados

Blumenau - Com a promessa de obtenção de empréstimos no Fankwall Bank and Trust Company, no Uruguai, estelionatários aplicaram golpes em várias empresas e pessoas físicas da região de Blumenau nos últimos meses. Um dos supostos cabeças da quadrilha, Antônio Agostinho Pinheiro Ciardulo, foi preso na quarta-feira e segundo informações apuradas no inquérito presidido pelo delegado Pascoal Fiamoncini, o mesmo já foi indiciado pelo mesmo crime em Xanxerê e em Araraquara/SP.

A prática da quadrilha era sofisticada. Empresários em situação financeira delicada eram procurados com a oferta de empréstimos no banco uruguaio, mediante pagamento em comissão de 1% a 3% do valor pleiteado. Para assegurar a "lisura" do processo, as vítimas eram levadas ao hotel Balmoral, em Montevidéu, onde eram apresentadas ao "assessor" do Fankwall Bank, que na verdade era o filho do acusado, Ricardo Antônio Vasques Ciardulo e a um pretenso "diretor" da instituição, Ronald Reboredo.

Depois de tomada a comissão, apesar da elaboração prévia de cadastros, as vítimas eram enroladas com a história da necessidade de apresentação de novos documentos. Porém, nenhuma denúncia foi apresentada à polícia até o início do segundo trimestre, quando foram iniciadas as investigações.

Ciardulo teve sua prisão temporária decretada porque havia suspeita de que estaria para deixar Blumenau, onde residia no bairro da Velha. Ronald Reboredo, o "diretor" do banco, e Ricardo, filho do principal acusado, não foram localizados. No inquérito consta um rol de sete vítimas, mas a suspeita é de que outros apareçam para registrar queixa com a divulgação do caso, que já está sendo chamado de "conexão Uruguai". (Ula Weiss)


Pedida à Justiça a prisão
de suspeito de homicídio

Joinville - O delegado Júlio César Machado, da Delegacia de Proteção à Mulher, de Joinville, solicitou ontem à Justiça, a prisão preventiva, pelo prazo de quinze dias, do ex-presidiário Lucas Vicente Agra, 33, principal suspeito do assassinato da aposentada Paula Cardoso Kratch, 87, morta à pauladas na noite de domingo passado no bairro Floresta, em Joinville. Até a noite de ontem porém, Machado não sabia se o pedido seria aceito.

Para formalizar a solicitação, Machado baseou-se em depoimentos de familiares de Agra, em antecedentes do suspeito - acusado de matar uma zeladora em 95, com métodos semelhantes - e, em informações publicadas pela A Notícia durante a semana.

Uma cópia da entrevista concedida por Ana Oliveira, 54, - mãe de Agra - foi anexada ao pedido. Ana revelou na última terça-feira, com exclusividade para A Notícia, que seu filho havia desaparecido no dia em que ocorreu o crime. Ela suspeita que ele tenha sido o autor do assassinato.

Ana prestou depoimento na delegacia, na quarta-feira, e reafirmou o que foi publicado pelo jornal. No depoimento, ela voltou a dizer que desconfiava que Agra matou a aposentada.


Polícia Federal incinera
2.780 quilos de maconha

Joinville - Um forte aparato de segurança foi montado na manhã de ontem, em Joinville, pelos agentes da Delegacia da Polícia Federal, para incineração de 2.780 quilos de maconha. A droga foi encontrada na operação realizada em 19 de julho, em Joinville, onde foi feita a maior apreensão de maconha de Santa Catarina.

De acordo com o delegado Milton Bairros da Rosa a destruição da maconha era necessária porque estava causando transtornos à delegacia. Os federais realizaram a incineração nos fornos da empresa Cergel Cerâmica, no bairro Itaum. A maconha, prensada em formato de tijolos, foi jogada em calor de 700 graus centígrados.

Manchetes AN

Das últimas edições de Polícia
Suspeito pode estar no Planalto Serrano
Coincidências comprometedoras
Assassino de anciã pode ser ex-presidiário
Anciã morta a pancada dentro de casa
Dois usuários de drogas mortos no fim de semana

Notas

Caçador

Operário morto
a golpes de facão

O operário José Carlos Kister, 19, foi morto a golpes de faca e facão, quinta-feira à noite, na localidade de Taquara Verde, município de Caçador. Segundo seus familiares, os agressores mataram a vítima quando ela se dirigia a um bar para comprar cigarros. Testemunhas afirmaram à polícia que o crime foi praticado por mais de uma pessoa e que seriam filhos de um desafeto da vítima, conhecido por Dorival. De acordo com o delegado José dos Reis, Kister teria esfaqueado Dorival um dia antes do crime. O delegado ainda está investigando o crime, mas até a tarde de ontem os possíveis suspeitos não haviam sido localizados. Conforme o delegado Reis, o pai dos prováveis assassinos está internado no Hospital Maicé e depois será ouvido pela polícia.

Joinville

Ônibus atropela
e mata ciclista

O ciclista Marcelo Heinklein, 19, morreu, ontem de manhã, após colidir sua bicicleta com um ônibus, no bairro Petrópolis, em Joinville. O motorista do ônibus de transporte coletivo urbano LZT-7461, de Joinville, Vilson Roberto da Silva, informou que não foi possível evitar o acidente porque a vítima bateu no veículo e caiu sob as rodas. Em Jaraguá do Sul, o menino Marcelo Mauricen, de oito anos, sofreu traumatismo craniano ao ser atropelado, às 11h40 de ontem, no bairro Jaraguá Esquerdo, em Jaraguá do Sul, pelo Fiat Elba LZB-8742, conduzido por Ozerlei Paulo Wroblewski, 31. Segundo os bombeiros, Marcelo teve parada cardíaca e foi encaminhado ao pronto-socorro do Hospital São José e depois transferido para o Hospital São José, de Joinville.

Copyright © 1998 A Notícia - Todos os direitos reservados - Telefone: 055-47 3431-9000 - Fax: 055-047 431 9100
Rua Caçador, 112 - CEP 89203-610 - Caixa Postal: 2 - 89201-972 - Joinville - Santa Catarina - BRASIL
..
. .