..
Ę NOSSOS ANUNCIANTES SĚO A GARANTIA DE CONTEňDO SEMPRE MELHOR E GRATUITO

G
E
R
A
L







































Governo antecipa 13º
salário de servidores

Funcionários, pensionistas e aposentados vão receber primeira parcela até o dia 18 de outubro

Florianópolis - Até o próximo dia 18 todos os servidores estaduais, ativos e aposentados, e pensionistas, recebem 50% do 13º salário começando no dia 14 com os ativos da secretaria da Educação. O governo estadual também divulgou o cronograma de pagamento dos salários do mês de outubro e de novembro. Os atrasados de outubro e novembro de 98 dos 7.072 servidores que ganham de R$ 750,01 a R$ 850,00, serão pagos junto com o salário de outubro. Já os 3.358 funcionários na faixa salarial de R$ 850,01 a R$ 900,00, terão seus atrasados (outubro e novembro de 98) depositados junto com o salário de novembro.

Para pagar os 50% do 13º o governo estadual utilizou recursos da ordem de R$ 50 milhões do Tesouro Estadual, resultado da economia gerada pelo pagamento dos cerca de 43 mil aposentados e pensionistas com dinheiro da federalização da dívida de R$ 514 milhões com o Instituto de Previdência de Santa Catarina (Ipesc).

Para o líder do PMDB na Assembléia Legislativa, Herneus de Nadal, o objetivo do governador ao antecipar parte do 13º foi "desviar o foco das folhas em atraso, que ele não pagou, e fazer de conta que está em dia com o funcionalismo". Ele afirma que antes o governo deve pagar os atrasados.

Considerando "estranho" o governador antecipar um pagamento enquanto existem folhas em atraso, o deputado Jaime Duarte (PPS) entende que "ele deveria seguir uma ordem cronológica de pagamentos", alertando que caberia uma demanda judicial para anular o ato. A deputada Ideli Salvatti (PT) acusou o governador de pagar o 13º com recursos da federalização do Ipesc "tendo em vista a eleição da Ângela, já que o desempenho dele na pesquisa, na Capital, não foi nenhuma Brastemp". Para o servidor, ainda em atraso, "foi como trocar seis por meia dúzia", disse a deputada.

Cronograma

14/10/99 - Ativos da Secretaria da Educação

15/10/99 - Ativos e inativos da Polícia Militar

Ativos das secretarias de Segurança Pública, Saúde, Casa Civil, Governo, Transporte e obras, Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente, Desenvolvimento e Integração ao Mercosul, Justiça e Cidadania, Administração e Família.

Ativos do gabinete do vice-governador, pessoal civil da Polícia Militar, Procuradoria Geral da Fazenda junto ao Tribunal de Contas do Estado, Departamento de Estradas e Rodagens (DER), Departamento de Edificações e Obras Hudráulicas (DEOH).

Ativos da Fundação do Meio Ambiente (Fatma), Fundação Catarinense de Educação Especial (FCEE), Fundação Catarinense da Cultura (FCC), Fundação Catarinense de Desportos, Fundação de Ciência e Tecnologia (Funcitec)

Pensões Especiais.

18/10/99 - Ativos e inativos das secretarias da Agricultura e da Fazenda, Procuradoria Geral do Estado

Pensionistas do Ipesc.

Demais inativos das secretarias, fundações e autarquias.

Mês de outubro e salários atrasados (outubro e novembro/98) dos trabalhadores do serviço público com remuneração bruta até R$ 850,00.

Dia - Órgão

26/10/99 - Ativos das secretarias de Segurança Pública e da Saúde

Ativos e inativos da Polícia Militar

Pensões Especiais.

27/10/99 - Ativos das secretarias da Educação, Casa Civil, Governo, Transportes e Obras, Administração, Fazenda, Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente, Desenvolvimento e Integração ao Mercosul, Justiça e Cidadania, Agricultura e Família.

Ativos e inativos do gabinete do vice-governador, pessoal civil da Polícia Militar, Departamento de Estradas e Rodagens (DER), Departamento de Edificações e Obras Hudráulicas (DEOH).

Ativos e inativos da Fundação do Meio Ambiente (Fatma), Fundação de Ciência e Tecnologia (Funcitec), Fundação Catarinense de Educação Especial (FCEE), Fundação Catarinense de Cultura (FCC) e Fundação Catarinense de Desportos.

Ativos e inaticos da Procuradoria Geral do Estado e da Procuradoria Geral da Fazenda junto ao TCE.

Inativos das secretarias de Segurança Pública e da Saúde.

29/10/99 - Epagri, Cidasc, Santur, Icepa, Junta Comercial do Estado, Ipesc, Deter, Porto de São Francisco e Imprensa Oficial.

Mês de novembro e salários atrasados (outubro e novembro/98) dos trabalhadores do serviço público com remuneração bruta até R$ 900,00.

Dia - Órgão

26/11/99 - Ativos das Secretarias de Educação

29/10/99 - Pensões Especiais.

Ativos e inativos da Polícia Militar.

Ativos das secretarias da Segurança Pública, Saúde, Casa Civil, Governo, Transporte e Obras, Administração, Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente, Desenvolvimento e Integração ao Mercosul, Justiça e Cidadania, Família, Pessial Civil da Polícia Militar, gabinete do vice-governador, Departamento de Estradas e Rodagens (DER), Departamento de Edificações e Obras Hudráulicas (DEOH).

Ativos da Fundação do Meio Ambiente (Fatma), Fundação de Ciência e Tecnologia (Funcitec), Fundação Catarinense de Educação Especial (FCEE), Fundação Catarinense de Cultura (FCC) e Fundação Catarinense de Desportos.

Ativos da Procuradoria Geral da Fazenda junto ao TCE.

30/11/99 - Ativos e Inativos das secretarias da Fazenda e da Agricultura.

Procuradoria Geral do Estado.

Pensionistas do Ipesc.

Epagri, Cidasc, Santur, Icepa, Junta Comercial do Estado, Ipesc, Deter, Porto de São Francisco e Imprensa Oficial.

Inativos as demais secretarias, fundações e autarquias.


Banco do Brasil divulga
gabarito de concurso

Florianópolis - O Banco do Brasil divulgou o gabarito da prova de seleção para escriturário - contingente de reserva - no final da tarde de ontem, 24 horas antes do previsto inicialmente. Para ser classificado, o candidato precisa acertar 10% das questões de língua portuguesa (12 perguntas), de atualidades econômicas (nove), matemática (nove), noções de informática (sete), e de língua inglesa (sete).

Além disso, deve ter respondido corretamente 20% das 16 perguntas sobre conhecimentos bancários. No conjunto da prova, precisa ter conseguido, no mínimo, 30% dos acertos possíveis, como previsto no item 6.4 do edital do concurso.

Essa seleção vale por dois anos, podendo ser prorrogada por mais dois. Não há previsão de chamada imediata dos classificados, mas as possibilidades de aproveitamento são boas pois, anualmente, 4,5 mil funcionários deixam a instituição. De acordo com o departamento de Recursos Humanos do banco, isso não significa que um número igual de vagas se mantém aberto, porque depende muito da política do Banco do Brasil para a área.

O gabarito também pode ser encontrado na Internet, no endereço http://www.bancobrasil.com.br. Clique no ponto de exclamação para encontrar o link de acesso à página com as informações. Os resultados também deverão estar disponíveis nas agências do banco a partir de hoje.

Quase 30 mil pessoas participaram do concurso em Santa Catarina; desses, cerca de oito mil prestaram prova em Florianópolis. O índice preliminar de abstenção foi de 18%. No Brasil, houve 800 mil inscrições e 418 mil inscritos foram submetidos ao teste nas regiões Sul e Norte e nos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo. Os candidatos das demais regiões serão avaliados nos dias 10 e 31 desse mês.

Gabarito

Língua Portuguesa
1D; 2E; 3B; 4C; 5E; 6D; 7C; 8A; 9D; 10B; 11A; 12C

Atualidades econômicas, políticas e sociais
13A; 14B; 15B; 16C; 17C; 18E; 19E; 20A; 21C

Conhecimentos bancários
22A; 23C; 24B; 25D; 26A; 27C; 28A; 29E; 30E; 31C; 32B; 33D; 34E; 35E; 36B; 37D

Matemática
38D; 39B; 40D; 41B; 42E; 43A; 44C; 45A; 46E

Noções de Informática
47C; 48D; 49E; 50B; 51D; 52A; 53B

Língua inglesa
54B; 55D; 56C; 57E; 58A; 59D; 60A


Cassada liminar que proibia
uso de softwares na Furb

Blumenau - Os 4.151 softwares que a 1ª Vara Civil proibiu a Universidade Regional de Blumenau (Furb) de usar na semana passada, começaram a ser reinstalados ontem. O desembargador Pedro Manoel Abreu, do Tribunal de Justiça (TJ), cassou a liminar que determinava a desinstalação dos softwares, em acolhida à denúncia de pirataria feita pelas empresas multinacionais Microsoft, Adobe, Corel, Autodesk e Symantec. Com isso a instituição, que possui mais de 10 mil estudantes matriculados em seus campi, volta a funcionar normalmente.

Antônio Marchiori, procurador da Furb, informa que a decisão do TJ vale até que seja julgado o mérito do processo. Para isso, serão confrontadas as notas fiscais e licenças de todos os softwares apresentados no recurso com o laudo resultante do levantamento feito em todas máquinas pela Justiça em maio.

Paralelo a isso, Antônio Marchiori informa que não está descartada a possibilidade de um acordo entre a Furb e as empresas produtoras de software que abriram a ação. Na opinião dele, como há muitos usuários, entre funcionários e estudantes, "até pode ter ocorrido, mas tenho certeza que se houver será um número muito pequeno".

Neste caso, indica o procurador, a instituição não vai se furtar a arcar com as consequências. "Mas o acordo tem que ser moralmente aceitável." Já na hipótese dos 4.151 softwares serem regulares, adianta que a universidade tomará as medidas necessárias para se ressarcir dos danos morais à sua imagem e prejuízos decorrentes do período em que teve suas atividades prejudicadas pela decisão da 1ª Vara Civil de Blumenau, ou seja, do dia 29 até ontem.


Fiéis rezam junto a
relíquia de Santo Antônio

Papanduva - Mesmo com chuva e frio, mais de oito mil devotos visitaram Papanduva, no Planalto Norte, neste final de semana para rezar junto da relicária em que está guardado um pedaço de osso da costela de Santo Antônio. A cidade foi a única no Estado a receber a relíquia vinda do município paranaense de Lapa.

A relicária chegou a Papanduva às 22h30 de sábado. Durante toda a madrugada de domingo os fiéis visitaram a Igreja São Sebastião para ver a relíquia, que está percorrendo o País desde 1994. Na manhã de domingo foram celebradas duas missas pelo padre pároco de Papanduva, Realdo Antônio Sartor, junto de dois freis da cidade de Pádua (Itália) que acompanham a relíquia nas 80 dioceses já visitadas no Brasil.


Estado paga dívida
contraída em 99 pelo Ipesc

Governo admite priorizar quitar débito de 98 aos prestadores em dificuldades

Florianópolis - O governo do Estado quitou ontem a dívida de R$ 5,3 milhões contraída este ano pelo Instituto de Previdência de Santa Catarina (Ipesc) com os prestadores de serviços da saúde. O anúncio foi feito durante audiência do governador Esperidião Amin (PPB) com representantes das entidades médicas do Estado, realizada pela manhã, na Associação Catarinense de Medicina (ACM). "Hoje eu encerro a parte mais constrangedora do meu governo, com o pagamento da minha dívida. Entramos num curso novo", disse o governador.

Também participaram da reunião com o governador representantes do Conselho Regional de Medicina (Cremesc) e do Sindicato dos Médicos (Simesc).

Os prestadores de serviço também cobraram do governador um cronograma para o pagamento do débito do Ipesc referente a 1998. "Não tenho como fazer um cronograma de R$ 34 milhões", respondeu o governador. "Não consigo com meu orçamento pagar o meu débito e o anterior", justificou. Amin levantou a possibilidade de priorizar o pagamento dos débitos com os prestadores que estão em situação financeira mais difícil. O objetivo é evitar o eventual fechamento de estabelecimentos de saúde.

O governador também se comprometeu a definir um interlocutor para continuar as negociações com os representantes dos médicos e dos estabelecimentos de saúde. O presidente da ACM, Remaclo Fischer Júnior, considerou a reunião positiva pelo fato do governo do Estado assumir a dívida de R$ 34 milhões do governo passado. "Vamos ouvir a classe para que ela se posicione sobre as informações do governador", destacou Fischer após a reunião.

A dívida de 1998 é referente aos meses de abril a dezembro. Mais de dois mil médicos esperam o pagamento das faturas do Ipesc, referentes ao serviço já prestado. "O que gostaríamos é de apontar um horizonte para os nossos colegas que nos ligam cobrando uma definição", disse o médico Carlos Gilberto Crippa, que assume a presidência da ACM no próximo dia 15 de outubro.


Campanha conscientiza
crianças para aleitamento

Joinville - A Semana Mundial da Amamentação prossegue até o próximo dia 7 de outubro com muitas atividades em Joinville. Ontem, idosos participaram de uma palestra sobre amamentação no Shopping Americanas e a comunidade do bairro Costa e Silva também acompanhou mini-curso sobre o tema, em um telão.

Hoje é a vez da comunidade do bairro Fátima participar de palestras e assistir à apresentações programadas pelo posto de saúde local. A programação inicia às 8 horas e as funcionárias do posto programam atividades em palco e telão.

Em Florianópolis, as crianças internadas no Hospital Infantil receberam do palhaço Rodela e suas palhacinhas um quebra-cabeças feito pela Fundação Viva do cartaz oficial da semana.

O Programa de Defesa do Consumidor (Procon) também está participando da campanha. Ontem, o órgão começou uma vistoria em farmácias e supermercados para verificar se os produtos para lactentes estão de acordo com as normas da Secretaria da Saúde. A resolução determina, por exemplo, que os rótulos de produtos lácteos contenham a frase "não substitui o leite materno". A vistoria termina amanhã.


Consultoria vai atender
hospital de Araquari

Joinville - Técnicos do Instituto de Administração Hospitalar e Ciências da Saúde de Porto Alegre chegaram ontem à Araquari para realizar consultoria no Hospital Senhor Bom Senhor Jesus, que depois de ficar 60 dias fechado, voltou a funcionar na semana passada.

De acordo com o gerente-administrativo do hospital Roland Ristow Júnior, a entidade já definiu a escala de plantão para os próximos 60 dias. Com ajuda da Maternidade Darci Vargas e Hospital Regional Hans Dieter Schmidt, ambos de Joinville, a entidade também já está atendendo os casos de urgência e emergência.

Ristow Júnior observa que a Prefeitura de Araquari está cooperando com o pagamento de dois médicos contratados. O Estado também liberou a contratação de um terceiro médico por meio do Hospital Regional. "Estamos atendendo timidamente porque o acordo incial é para 60 dias. Com a vinda dos técnicos vamos conseguir resolver os problemas com o passivo da instituição e buscar sua vocação, seja como um ambiente de atendimento 24 horas, ou como hospital em si", relatou.

Uma novidade que começou a funcionar na sexta-feira passada foi o disque-informações. O atendimento é feito pelo 447-1600 e os interessados podem saber o nome do plantonista, horários de visita e a situação dos pacientes internos. No período em que ficou fechado o hospital passou por reformas na cozinha, lavanderia e área adminsitrativa.


Ostomizados se
reúnem em Jaraguá do Sul

Jaraguá do Sul - Para registrar a passagem do Dia dos Ostomizados, em 2 de outubro, a Associação dos Ostomizados de Jaraguá do Sul realizou no domingo reunião de confraternização entre os associados e familiares. A instituição promove encontros mensais e tem objetivo de proporcionar ajuda mútua e troca de informações sobre a ostomia. Funciona paralelamente ao Núcleo Regional de Assistência à Pessoa Portadora de Ostomia - programa ligado ao SUS e à Secretaria de Saúde de Jaraguá do Sul, abrangendo todos os municípios da Amvali.

A Associação dos Ostomizados atende 18 pessoas na região da Amvali, onde já chegaram a ser registrados 80 casos de ostomia. A redução, segundo explica a assistente social e coordenadora do grupo, Shirley Silva Castella, aconteceu devido à reversão da ostomia. O ostoma é a construção de um novo caminho, através de abertura feita no abdômen, para auxiliar a saída de fezes e/ou urina de pacientes que tiveram complicações intestinais ou de bexiga e precisaram extrair parcialmente ou totalmente estes órgãos. Sem controle voluntário das funções fisiológicas, o paciente necessita adaptar uma bolsa ao ostoma, que fica colada à pele, para a coleta dos dejetos.

A função da associação, segundo a coordenadora, é assistir o paciente e sua família, pois há bastante resistência por parte do paciente em usar a bolsa coletora.


PRF deve usar
helicóptero nas rodovias

Aeronave, estacionada em Brasília, deve ser cedida para monitorar "Operação Festa" em SC

Marco Antonio Zanfra

Florianópolis - Durante a segunda semana de programação das festas de outubro, a Polícia Rodoviária Federal poderá contar com um dos oito helicópteros que a PRF comprou e que estão sediados em Brasília, trabalhando em regime de rodízio. Não está confirmado ainda, segundo o chefe da Seção de Policiamento e Fiscalização da PRF, Antônio Robson Rodrigues, mas o aparelho poderá ficar à disposição de Santa Catarina entre os dias 14 e 18 e deverá ficar baseado no aeroporto de Navegantes.

A "Operação Festa" vai começar na quinta-feira e se estender até a manhã do dia 25. Na sexta-feira, até a manhã do dia 13, começa um outro esquema ­ a Operação Nossa Senhora Aparecida ­ deflagrada em nível nacional para o feriado de 12 de outubro, mas aproveitando o efetivo mobilizado para a operação estadual. O comando da PRF não tem ainda números exatos, mas deve haver 50% mais policiais nas rodovias federais até 25 de outubro, com a utilização de 23 radares e 45 bafômetros.

De acordo com Antônio Robson Rodrigues, estarão mobilizadas principalmente as delegacias da PRF em São José, Joinville e Rio do Sul, com especial atenção aos 406 quilômetros das BRs 470, 280 e 101 (de Florianópolis até a divisa com o Paraná). Nesses trechos, deverá haver 75 patrulheiros nas estradas 24 horas por dia e mais 30 nos horários de pico.

Na Polícia Rodoviária Estadual, a "Operação Festa" começa também na quinta-feira e termina no dia 24. Um efetivo de cerca de 450 policiais estará à disposição e, dependendo da escala, segundo o relações públicas tenente Marcelo Pontes, a cada 24 horas um grupo entre 150 e 180 homens patrulhará as rodovias. Assim como a PRF, a PRE também dará atenção especial ao Vale do Itajaí, onde se concentram as principais festas do Estado. A malha viária formada pelas SCs 470, 486, 411, 474, 413, 418 e 416 (postos rodoviários de Gaspar e Blumenau) terá 15 viaturas, cada uma com um bafômetro, e quatro radares móveis para o policiamento.


Motoristas podem
consultar multas na Internet

Chapecó - Desde ontem em todo o Oeste do Estado, ficou mais fácil efetuar licenciamento de veículos, contestar multas de trânsito e encaminhar documentação para a retirada da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). A delegacia regional de Polícia Cívil lançou um site na Internet - a rede mundial de computadores -, localizado no endereço www.desbrava.com.br/~12drpch, contendo informações necessárias para que proprietários de automóveis e motoristas. O site foi produzido por policiais da regional e é hospedado gratuitamente por um provedor da cidade.

Além de informações, o site disponibiliza o acesso a um banco de dados do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) onde o motorista pode ficar sabendo como está a situação do licenciamento do seu veículo ou se ele foi multado.

O delegado regional Alex Boff Passos, disse - a exemplo do sistema implantado pelo Tribunal de Justiça -, a polícia pretende em breve disponibilizar todos os procedimentos das delegacias da 12ª região on-line, através da Internet, agilizando os serviços.(Marcos Horostecki)


Gaúchos confirmam
fraude no IPVA

Passo de Torres - O delegado Vanderlei Batista de Carvalho, que apura a fraude no Imposto Praticado sobre Veículos Automotores (IPVA) em Passo de Torres, continua ouvindo as pessoas que emprestaram seus nomes aos despachantes. Ontem, Carvalho recebeu os processos de licenciamento de veículos feitos no último ano nos municípios de Balneário Gaivotas, São João do Sul, Praia Grande, Santa Rosa do Sul e Sombrio, que serão analisados. Ele já ouviu 22 pessoas, todas de Passo de Torres. Elas confirmaram a fraude.

O delegado ouviu ontem mais nove pessoas, entre elas, Tarcísio Bristot da Silva. Ele contou que foi procurado por Rosita Godinho, do Despachante Godinho, que solicitou o registro do seu endereço em cartório. "Silva pensou que eram problemas com seu carro, uma Brasília, mas só agora descobriu que seu endereço serviu para o licenciamento de outro carro, um Corsa", disse o delegado.

O diretor-geral do Departamento Estadual de Trânsito (Detran/SC), Wanderley Redondo, vai esperar pelos documentos que serão encaminhados pela Delegacia Regional de Araranguá, para se pronunciar sobre fraudes no Imposto Praticado sobre Veículos Automotores (IPVA). "Estou esperando pelos documentos que comprovam o envolvimento dos despachantes", informou. Segundo ele, os despachantes citados, Mampituba e Godinho, ambos de Passo de Torres, no Extremo-Sul, podem perder a licença de funcionamento.


Decreto garante
verba para menor

Empresas poderão repassar 1% do Imposto de Renda para Fundo da Infância e Adolescência

Colombo de Souza

Florianópolis - O governador Esperidião Amin (PPB) assinou ontem decreto destinando repasse de 1% do Imposto de Renda devido pelas sociedades de economia mista, empresas públicas e enitidade de direito privado, para o Fundo da Infância e Adolescência (FIA). Pessoas físicas também poderão abater 6% do imposto, repassando o valor ao fundo. "Vamos tirar este dinheiro da boca do leão e colocar na colocar na boca das crianças", sugeriu a secretária de Estado do Ministério da Previdência e Assistência Social, Wanda Engel Aduan.

Wanda esteve ontem em Santa Catarina divulgando a agenda social do governo Federal para o ano 2000 e enalteceu a atitude de Amin. No entanto, o que mais lhe impressionou foram os avanços dos trabalhos sociais voltados para a criança e adolescentes. "Santa Catarina está adiantada em suas ações e tem grandes possibilidades de ser referência para as demais federações", comentou. Amin enfatizou que o acordo é uma alternativa fiscal viável e que a medida também incluirá a parceria com a iniciativa privada.

O governador ainda firmou um protocolo de intenções com entidades empresariais e de classe, visando à captação de recursos para o fundo. Representantes das federações da agricultura, do comércio, das indústrias, das associações comerciais e industriais, da câmara de dirigentes lojistas, das cooperativas Agropecuárias e contabilistas, além do Conselho Regional dos Contabilistas, e Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis, se comprometerem em divulgar às suas empresas filiadas a possibilidade de repasse de 1% para o FIA. "Temos um compromisso sério com a área social e precisamos da parceria da iniciativa privada", pediu Amin.

Escolha do destinatário

Otimista com a adesão da classe empresarial, a secretária de Desenvolvimento Social e da Família, Marli Nacif, disse que as entidades poderão escolher o programa específico que receberá os recursos destinados. Ela lembrou que o combate à desnutrição, ao uso de drogas, ao trabalho infantil, e à exploração sexual estão incluídos na proposta de melhorar as condições de vida dos menores.

Além destes eventos, Amin oficializou o apoio à implantação de quatro centros da juventude no Estado, destinados a incentivar jovens entre 15 e 24 anos. Dois centros serão construídos na Capital, um em Xanxerê. Também haverá a reestruturação do Centro de Desenvolvimento para o Potencial Humano, André Luiz, em Lages. Na opinião de Wanda, estes centros serão fundamentais para explorar o potencial dos jovens, evitando assim que a ociosidade distorça os princípios deles.

Wanda ressaltou que os Estados que mais se aproximarem das agenda social para o ano 2000 serão premiados com mais recursos em 2001. Para isso serão considerados os resultados dos programas implantados. "Chega de oferecer incentivos aos mais pobres em detrimentos dos mais competentes", concluiu. (CS)


Pastoral da Criança realiza
campanha contra violência

Florianópolis - A coordenadora da Pastoral da Criança em Santa Catarina, Jane Bulcão Vianna, entregou ontem à prefeita de Florianópolis, Ângela Amin e ao governador Esperidião Amin (PPB) a cartilha "Convocação à Sociedade para a Cultura da Paz", documento que convoca ao "pagamento urgente da dívida social, destinando maiores recursos para investimentos nas áreas da infância e adolescência, saúde, educação, segurança alimentar, saneamento ambiental e habitação". Os encontros com os chefes do Executivo municipal e estadual integraram a campanha nacional de prevenção à violência contra a criança no ambiente familiar, lançada ontem, dia de São Francisco de Assis.

A proposta da Pastoral da Criança é atingir com a campanha 3.166 municípios de todos os Estados brasileiros e reduzir as estatísticas que indicam que, no Brasil, mais da metade dos casos de violência contra a criança acontece dentro de casa e é praticada pelos próprios pais.

Com essa campanha, a Pastoral da Criança quer repetir, no campo da violência, o mesmo sucesso que vem tendo na redução da desnutrição e da mortalidade infantil no País. Atuando exclusivamente em bolsões de pobreza e miséria, a pastoral está organizada hoje em 30.094 comunidades carentes, acompanhando mais de 1,5 milhão de gestantes e crianças com menos de 6 anos. Enquanto a média nacional de mortalidade infantil está em 36,4 mortes para cada mil nascidos vivos, a Pastoral da Criança já conseguiu o índice de 13,7 mortes para cada mil crianças menores de 1 ano acompanhadas.

Intitulada "A Paz Começa em Casa", a campanha mobilizará os mais de 136 mil voluntários da Pastoral da Criança no Brasil, em duas frentes de ação. Os 118.829 líderes comunitários farão um grande mutirão nacional de visita a cerca de 1 milhão de famílias que já são acompanhadas pela entidade em ações básicas de saúde, nutrição e desenvolvimento infantil.

Ao mesmo tempo, os membros das 6.009 equipes de coordenação e treinamento da Pastoral da Criança em todo o País, acompanhados por autoridades civis e eclesiásticas, entregarão um documento, com sugestões de como ajudar a construir um ambiente de paz na família, a todos os governadores estaduais e aos prefeitos dos 3.166 municípios. Este mesmo documento será entregue pela Coordenação Nacional da Pastoral da Criança ao presidente Fernando Henrique Cardoso.

Maus tratos

Dados do primeiro semestre se 1998 indicam que o SOS Criança de Florianópolis recebeu 808 denúncias de maus tratos contra menores. Foram 371 sobre negligência, 357 de violência física, 152 de violência psicológica, 28 de violência sexual, 16 de violência social e 24 relacionados a outros tipos de violência. Em alguns casos, a denúncia implicou em mais de uma forma de sevícia.

O desempregado (149 segundo os dados do mesmo período) é o agressor mais comum. A origem das pessoas violentas, entretanto, é variada.

Mobilização em
bairro carente de Jaraguá

Jaraguá do Sul - O prefeito Irineu Pasold (PSDB), recebeu ontem das líderes da Pastoral da Criança de Jaraguá do Sul documento da campanha nacional de prevenção à violência no ambiente familiar.

As líderes do movimento em Jaraguá do Sul, Maria das Graças Silva e Marli Florentina, relataram ao prefeito o trabalho realizado no bairro Três Rios do Norte, no loteamento Santo Antônio, onde são monitorados cerca de 50 famílias carentes e 86 crianças com até seis anos de idade. Pasold elogiou o trabalho desenvolvido pelas líderes da Pastoral e disse que é importante a comunidade trabalhar em conjunto para erradicar a desnutrição nas comunidades carentes do município.

Receberam o documento com sugestões para prevenção da violência no ambiente familiar o coordenador dos Direitos Humanos de Jaraguá do Sul, jornalista Sérgio Luiz Homrich dos Santos; e Deise Gomes, membro do secretariado do Fórum Estadual da Criança e do Adolescente.

Cartão Cidadão

O prefeito Irineu Pasold anunciou ontem que será lançado na próxima semana o "Cartão Cidadão Jaraguaense" para todas as crianças que nascerem nos hospitais do município. Esse cartão trará todas as informações básicas das crianças e todos os procedimentos que os pais devem tomar em relação aos cuidados da saúde do menor. "Será o primeiro documento das crianças que nascerem nos hospitais de Jaraguá do Sul", ressalta Pasold.

Meta da iniciativa é
construir uma cultura da paz

Joinville - A campanha contra a violência familiar também foi iniciada ontem, em Joinville. Segundo a voluntária Denise Miers, que atua com comunidades do bairro Vila Nova, a atividade tem como objetivo convocar a sociedade para a construção de uma cultura da paz. Ontem o coordenador da pastoral da comarca de Joinville, Inácio Giacomelli, se reuniu com o secretário de Bem-estar Social, Osmari Fritz, para falar sobre o programa, suas ações no município e tentar diminuir a violência no ambiente familiar.

Nas comunidades, o trabalho será feito pelas voluntárias. Elas realizarão visitas às famílias e distribuirão panfletos com os dez mandamentos para a paz na família. Um deles explica que o melhor passo para a educação é o diálogo, o carinho e o apoio pois "quem bate para ensinar está ensinando a bater".

A Pastoral da Criança surgiu em 1982, por meio do Cardeal de São Paulo Dom Evaristo Arns, participante das Organizações das Nações Unidas. A experiência-piloto foi realizada em Florestópolis, no Paraná, na arquidiocese de Londrina.

Em Joinville, a pastoral tem 600 crianças cadastradas, 400 famílias atendidas e 85 gestantes recebendo noções sobre saúde e higiene. Entre as ações das voluntárias estão a disseminação de noções sobre aleitamento, alimentação alternativa (multimistura) e apoio à família.


Divulgados selecionados
para festival de teatro

Florianópolis - A Fundação Franklin Cascaes (FFC) divulgou ontem os selecionados para o 7º Festival Nacional de Teatro de Florianópolis Isnard Azevedo, nas categorias adulto, infantil e de rua.

Inscreveram-se 148 grupos de 13 Estados e ada Argentina. Cada grupo selecionado receberea R$ 700,00, como ajuda de custo, aleem de hospedagem e alimentação durante a realização do festival, de 6 a 13 de setembro.

Durante o festival serão apresentados espetáculos com atores de projeção nacional, realizadaspalestras, oficinas e as "sessões malditas", peças em locais alternativos e que iniciam à meia-noite.

Selecionados

Infantil

  • Uma Professora Muito Maluquinha ­ Grupo Real Fantasia, de Belo Horizonte (MG)
  • Dom Quixote de La Mancha ­ Companhia Andante de Repertório, de Niterói (RJ)
  • O Pequeno Planeta Perdido ­ Téspis Cia. de Teatro, de Itajaí (SC)
  • Terra à Vista ­ Teatro Luz & Cena Produções, de Novo Hamburgo (RS)
  • Livres e Iguais ­ Teatro Sim... Por Que Não?!!!, de Florianópolis (SC)
  • Bebê Bum ­ Cia. Teatro di Stravaganza, de Porto Alegre (RS)

Adulto

  • Dona Maria a Louca ­ Grupo Dromedário Loquaz, de Florianópolis (SC)
  • Yerma do Deserto ­ Laboratório do Ator de Campinas, de Campinas (SP)
  • O Santo e a Porca ­ Grupo de Risco, do Rio de Janeiro (RJ)
  • Don Juan Tenório ­ Cia. Teatro da Cidade, de São José dos Campos (SP)
  • Pois é, Vizinha ­ Grupo Deborah Finocchiaro, de Porto Alegre (RS)
  • Godô ­ Cia. Bufa de Teatro da Universidade Federal de Santa Maria, de Santa Maria (RS)

Rua

  • Os Sete Pecados do Capital ­ Povo da Rua Grupo de Teatro, de Porto Alegre (RS)
  • As Mulatas de Chico Rodrigues ­ Deu Palla Cia. de Arte, de Belo Horizonte (MG)
  • A Guarda Cuidadosa ­ Trupe de Experimentos Teatrais Bumba Meu Bobo, de Porto Alegre (RS)
  • Olê, Olê, Gajuru O Guerreiro é Você ­ Associação Teatral Joana Gajuru, de Maceió (AL)

Manchetes AN

Das últimas edições de Geral
Abstenções chegam a 18% em prova do BB
Santur quer resgatar público em outubro
Investigada fraude em licenciamento de veículos
Realizado 1º transplante de válvula cardíaca em SC
227 são indiciados por fraude em CNH

Movimento

Agricultores invadem usina e param obras

A invasão executada na madrugada, foi deflagrada a partir de Aratiba, no Rio Grande do Sul

Itá - Cerca de 700 agricultores comandados pelo MAB (Movimento dos Atingidos por Barragens) pararam as obras na Hidrelétrica de Itá na madrugada de ontem. A invasão ocorreu às 5 horas da manhã e não encontrou resistência. Quando chegaram para trabalhar, operários da hidrelétrica foram barrados quando e voltaram para casa. O MAB entregou uma lista de reivindicações ao consórcio de empreiteiras responsável pela obra e à Gerasul.

Os invasores entraram na hidrelétrica com muita facilidade. A invasão foi iniciada pelo lado de Aratiba, no Rio Grande do Sul. O único obstáculo enfrentado pelos atingidos foi uma barreira de pedras na estrada. Logo que entraram na hidrelétrica, os agricultores procuraram ocupar pontos estratégicos, evitando que pudesse ocorrer uma reação por parte das empreiteiras e da Gerasul.

A lista de reivindicações do MAB praticamente não faz referência à Hidrelétrica de Itá, que está praticamente concluída.

Ontem pela manhã, a direção da Gerasul se reuniu em Florianópolis para discutir a questão. Ao mesmo tempo, foi registrada uma ocorrência policial na delegacia de Aratiba, oficializando a invasão e abrindo a perspectiva de uma pedido de reintegração de posse na justiça.

O comando do consórcio GEAM e a direção da Gerasul se limitaram a observar as ações dos assentados ontem. De acordo com Agostinho Dalmoro, chefe da Gerasul em Itá, não foi registrado nenhum incidente durante a invasão. Ele lamentou a atitude do MAB, que pode atrapalhar o cronograma de construção da hidrelétrica. Pela previsão inicial, o lago da Hidrelétrica de Itá começará a ser formado até o final do ano. A inauguração da barragem está prevista para junho do ano 2000. "Dessa vez nós só vamos sair quando a Gerasul atender nossas reivindicações", disse Gilberto Romani, um dos líderes da invasão.

Gerasul pede reintegração

Florianópolis - A invasão promovida pelo Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) na usina hidrelétrica de Itá, na divisa entre Santa Catarina e Rio Grande do Sul, surpreendeu os empreendedores da obra. A empresa entrou com pedido de reintegração de posse e aguarda análise da comarca de Erechim (RS). A pauta de reivindicações apresentadas pelo MAB é, na visão da Gerasul, "inaceitável" por conter exigências que já estão sendo atendidas e outras "descabidas e extemporâneas", que, até então - segundo a empresa, não haviam entrado em nenhuma das etapas anteriores de negociação.

Segundo o presidente da Gerasul, Manuel Arlindo Zaroni, a invasão coloca em risco não só as instalações e equipamentos da empresa, mas principalmente a segurança dos operários e dos próprios invasores, que premeditadamente tomaram os pontos-chave da obra, paralisando-a completamente. Com o objetivo de evitar qualquer tipo de confronto, a empresa não ofereceu resistência à invasão. Até o fim do dia de ontem, o canteiro de obras continuava completamente dominado, provocando atrasos ao cronograma de execução do empreendimento. De acordo com a Gerasul, 92% das propriedades atingidas já foram indenizadas amigavelmente e 100% das famílias reassentáveis já foram relocadas com sucesso.


Incra vai fazer mutirão para assentar sem-terra

Marcos Horostecki

Chapecó - Um verdadeiro mutirão será realizado nas unidades do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) em Chapecó e Florianópolis para garantir, até o final do ano, o assentamento de 500 famílias de agricultores sem-terra. O anúncio foi feito ontem em Chapecó, pelo superintendente estadual do órgão, Alacir Pereira Batista, em reunião que discutiu a pauta de reivindicações entregue na semana passada pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), durante a ocupação da sede estadual do instituto, na Capital. Também ficou definido que o instituto irá viabilizar, no mesmo período, a desapropriação de áreas suficientes, em diversas regiões do Estado, para o assentamento de mais 200 famílias. A criação dos assentamentos e a liberação dos créditos de fomento aos agricultores aconteceria no começo do próximo ano. Até o mês de março de 2000, segundo o superintendente, o Incra ainda fará um esforço a mais para efetuar o assentamento de outras 600 famílias de sem-terras. Dessa forma, devem ser assentadas todas as 1279 famílias que atualmente residem em fazendas que foram invadidas nos últimos dois anos.

Do começo do ano até agora, o instituto só conseguiu assentar 79 famílias. A criação dos novos assentamentos, afirma Batista, têm demorado devido a burocracia que envolve o processo de análise das áreas passíveis desapropriação. As questões de ordem ambiental ainda têm patrocinado várias discussões sobre a viabilidade da montagem de assentamentos nos locais onde existem áreas de preservação. "Mas nós faremos um mutirão e cumpriremos a meta que nós estabelecemos no início do ano.

Para o MST, que saiu satisfeito da reunião, a mobilização do Incra só vai acontecer porque os agricultores sem terra também estão mobilizados. "O que fizemos na semana passada em Florianópolis serviu de alerta para o Incra. Se as metas não forem cumpridas faremos novas manifestações e o problema passará a ser da superintendência", disse o líder sem-terra, Dilso Barcellos, um dos coordenadores estaduais do movimento.


Frio bate recordes do mês no Planalto Serrano

Lages - Volume de chuvas acima do previsto, ventos superiores à média e intensa nebulosidade - registrados na noite de domingo e na madrugada de segunda-feira - impediram a o estacionamento de uma frente fria no Planalto Serrano e provocou alivio nos agricultores. As previsões meteorológicas que indicavam boas possibilidades de neve e geadas intensas, não se confirmaram. Geadas fracas foram registradas em locais isolados.

Apesar de não se confirmar a previsão de frio intenso, em São Miguel do Oeste, as temperaturas mínimas de domingo (4ºC) e segunda-feira (2ºC) bateram todos os recordes históricos já registrados no mês de outubro (o recorde anterior era 5,4 ºC). Em Chapecó a mínima de ontem pela madrugada foi de 3,6 ºC (o recorde histórico é de 3,2 ºC).

De acordo com dados do Centro Integrado de Meteorologia e Recursos Hídricos (Climerh/Epagri), a mínima do Estado na madrugada de ontem, ocorreu em São Joaquim, onde o termômetro indicou zero grau centigrado. Apesar do frio, houve apenas registro de geada fraca na cidade, o mesmo acontecendo em Lebon Régis e diversos municípios da região Oeste e Meio Oeste.


Musikfest espera atrair 25 mil pessoas

Comida típica, com quatro restaurantes, dança e música fazem parte da programação do evento

São Bento do Sul - A Musikfest, Festa das Nações, começa nesta sexta-feira e vai até 12 de outubro, no pavilhão da Promosul, em São Bento do Sul. No ano passado a primeira edição da festa atraiu 17 mil pessoas. Este ano os organizadores esperam elevar o número para 25 mil visitantes. A abertura acontece às 19 horas. Logo após, os quatro restaurantes põem à mesa especialidades típicas da gastronomia alemã, italiana, polonesa e brasileira.

Eleita a rainha, começa o concurso de bebedores de chope em bota. O concurso promete ser o ponto alto da animação nas cinco noites da Musikfest 99. A tradição é originária da região da Bavária, na Alemanha, de onde foram trazidas botas de cristal de quatro litros. Cinco bailes estão programados e o Grupo de Acordeões da Alemanha faz o show de encerramento. Na primeira noite toca a banda Silver Som. No sábado, Os Sonatas, que voltam a tocar na segunda-feira, ao lado do Musical JL. No domingo é a vez da banda Badenblu.

A Musikfest quer atrair público de todas as idades e gostos. Na segunda-feira será realizada a Tarde da Terceira Idade, a partir das 12 horas. A diretoria de turismo já convidou 631 grupos da terceira idade. A tarde do feriado de terça-feira, 12 de outubro, será em homenagem às crianças com a Kinderfest.

Todas as noites a festa terá uma disputa diferente: o concurso de chope em bota. A competição é por equipe. O competidor precisa beber a maior quantidade possível dos quatros litros de chope, para não sobrecarregar os companheiros. Cada equipe recebe uma bota de cristal cheia de chope. Após o sinal do juiz, começa a prova. O primeiro e o segundo bebedores bebem até não agüentar mais. O terceiro deve "secar" a bota.

Quatro restaurantes, instalados no pavilhão da Promosul, servirão pratos típicos da Alemanha, Brasil, Polônia e Itália. Acompanhado de repolho roxo, chucrutes, lingüiças de vários sabores, purê de batatas e carnes variadas, o joelho de porco, ou Eisbein, será o carro chefe da cozinha alemã, que ficará sob responsabilidade do Rotary Clube.

Programação

Sexta-Feira - 8/10/99

  • 19 horas - Solenidade de Abertura na Promosul
  • 19h30 - Jantar Típico
  • 19h30 - Abertura do Parque de Diversões e Feira de Artesanato
  • 21 horas - Escolha da Rainha da Musikfest 99
  • 22 horas - Concurso de Bebedores de Chope em Bota
  • 23 horas - Baile com a Banda Silver Som, de Concórdia

Sábado - 9/10/99

  • 10 horas - Abertura do Pavilhão
  • 10h30 - Abertura do Parque de Diversões e Feira de Artesanato
  • 12 horas - Almoço Típico
  • 14 horas - Apresentações Folclóricas e Culturais
  • 18 horas - Jantar Típico
  • 21 horas - Apresentação de Novos Talentos
  • 22 horas - Concurso de Bebedores de Chope em Bota
  • 23 horas - Baile com Os Sonatas, de São Bento do Sul

Domingo - 10/10/99

  • 10 horas - Reinício das Festividades
  • 10h30 - Abertura do Parque de Diversões e Feira de Artesanato
  • 12h - Almoço Típico
  • 14h - Apresentações Folclóricas e Culturais
  • 18 horas - Jantar Típico
  • 19 horas - Concurso de Chope em Bota
  • 20 horas - Baile com a banda Badenblu

Segunda-feira - 11/10/99

  • 10 horas - Reinício das Festividades
  • 10h30 - Abertura do Parque de Diversões e Feira de Artesanato
  • 12 horas - Almoço Típico e Tarde da Terceira Idade
  • 14 horas - Apresentações Folclóricas e Culturais
  • 17 horas - Baile com o Musical JL
  • 18 horas - Jantar Típico
  • 22 horas - Concurso de Bebedores de Chope em Bota
  • 23 horas - Baile com Os Sonatas, de São Bento do Sul

Terça-Feira - 12/10/99

  • 10 horas - Reinício das Festividades
  • 10h30 - Abertura do Parque de Diversões e Feira de Artesanato
  • 12 horas - Almoço Típico
  • 14 horas - Apresentações e Brincadeiras na Kinderfest
  • 18 horas - Jantar Típico
  • 19 horas - Apresentação do Grupo Coral e Musical Edelweiss
  • 20 horas - Show com o Grupo de Acordeões da Alemanha.

Oktober mais antiga se modifica

Itapiranga ­ Com uma programação cultural diversificada, orçamento maior e com maior duração, Itapiranga abriu sexta, dia 2, a 21ª Oktoberfest. A abertura aconteceu na Linha Presidente Becker, onde há 21 anos foi criada a primeira Oktoberfest do Brasil. No complexo Oktober, na cidade, a Oktoberfest começa no dia 8 de outubro e vai até dia 12. A fundação cultural de Itapiranga inovou este ano e resolveu poupar o bolso dos que estiverem nos pavilhões até a abertura, às 20 horas. Não será cobrado ingresso até a sangria do primeiro barril. Depois, paga-se R$ 3,00. A expectativa é de um público de 35 mil pessoas e consumo de 50 mil litros de chope.

Fenachopp mantém preços de ingressos

Joinville - A Central Administrativa Fenachopp (CAF) manteve para a 12ª Fenachopp ­ Festa Nacional e Internacional do Chope -, que inicia nesta quarta-feira no pavilhão da Expoville, os mesmos preços praticados na edição passada. Os ingressos nas sextas-feiras, sábados e véspera de feriado continuam a R$ 5,00, e nos outros dias, R$ 2,00. O copo de chope de 500 ml sairá pelos mesmos R$ 2,00. Estão sendo esperados 250 mil visitantes até o final da festa, 25 de outubro.

O valor da entrada para a Boate Fenachopp/Transamérica, que funciona diariamente no pavilhão da Expoville, também continua o mesmo: R$ 2,00. O ambiente é uma alternativa para o público, com dance music, forró e pagode. Uma das novidades são as telas e outras aplicações feitas na parede com temas germânicos, do artista plástico Faísca.

O local também terá três elevados, novo som e iluminação e um camarote vip para convidados. O coordenador de promoções e eventos da Rádio Transamérica, Charles Fischer, prevê um aumento de público em torno de 30%. No ano passado, foram registrados 20 mil pagantes. As promoções realizadas na Boate Fenachopp/Transamérica ficam a cargo da rádio e da Metrô Night Clube.

O restaurante também tem novidades. É o Especial Fenachopp, que reúne todos os pratos típicos oferecidos na festa (eisbein, kassler, marreco, bockwürst e vinawürst), com acompanhamento de bufê. O prato custa R$ 14,50 e dá para duas a três pessoas. "É para toda a família. Uma pessoa come o marreco, outra o kassler, e assim por diante", explica Eraldo Scaini, administrador do restaurante nesta edição.

Festa ensina a fazer manteiga

Canoinhas ­ Passeios a pontos turísticos, almoço com pratos típicos e ainda um baile animado ao som de marchinhas alemãs. E para completar, o que é inédito, a fabricação de manteiga artesanal durante o baile, saboreada pelos participantes acompanhada de um café colonial. Esta é a Festa dos Mantegueiros que acontece durante todo o dia de hoje no Distrito de Marcílio Dias, em Canoinhas, no Planalto Norte. A festa está na quarta edição e tem por finalidade o resgate de costumes e tradições trazidas por imigrantes alemães no início do século.

Um dos promotores do evento, o empresário Ezequiel Pirmann, explica que a festa é uma forma de resgate histórico do distrito de Marcílio Dias (localidade mais antiga de Canoinhas) que foi colonizado por imigrantes e descendentes de alemães. No início do século, até a década de 60, o distrito era referência no Planalto Norte na fabricação de manteiga artesanal. A festa foi criada para evidenciar a tradição de fabricar a manteiga e valorizar a culinária alemã. O ponto alto será o Baile da Manteiga, que acontece à noite e onde os participantes poderão acompanhar como é feita a manteiga artesanal.

  •  


Convênio garante a conservação

Piratuba - A Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural (Epagri) e a Machadinho Energética S.A. (Maesa) assinaram na semana passada um convênio no valor de R$ 619 mil. Os recursos serão aplicados em ações integradas de conservação do solo e da água, saneamento rural e fomento à agropecuária no lado catarinense da Usina Hidrelétrica Machadinho, em construção sobre o rio Uruguai, na divisa entre Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

O acordo foi firmado em solenidade realizada no Centro de Apoio ao Visitante (CAV), em Piratuba, com a presença do secretário estadual de Agricultura Odacir Zonta, o diretor ambiental da Maesa, Gilberto Veronese e do presidente da Epagri Dionísio Bressam Lemos. O governo do Estado, através da Epagri vai oferecer assistência técnica aos agricultores em torno da barragem, nos municípios de Campos Novos, Capinzal, Celso Ramos, Anita Garibaldi, Piratuba e Zortéa.

A Usina de Machadinho está prevista para entrar em operação em 2003 e serão atendidas pela energia gerada as populações das regiões Sudeste e Centro-oeste do Brasil, devendo alcançar 34.997 MWh médios. As desapropriações de terras, de acordo com dados da empresa, vão atingir diretamente 1.205 famílias, distribuídas em 1.080 propriedades. O remanejamento será feito com base nos critérios e diretrizes de um acordo firmado com o Movimento dos Atingidos por Barragem (Crab).


Capacitação - Começou ontem e prossegue até sexta-feira na Universidade do Vale do Itajaí (Univali) treinamento de capacitação para psicólogos e assistentes sociais na prevenção ao uso indevido de drogas e HIV/Aids. As atividades são coordenadas pelo Centro de Treinamento de Recursos Humanos (Cetrhu) da Univali e pelo Centro de Ciências da Saúde.

Trangênicos 1 - Alunos do Colégio São Luís realizam, em Jaraguá do Sul, no dia 8 de outubro, pesquisa de campo com o objetivo de saber o que a comunidade pensa sobre os alimentos transgênicos e que tipo de informações tem sobre o assunto. O questionário, com três perguntas, deverá ser aplicado num universo de 360 pessoas. O trabalho é coordenado pela professora Rosane Vera Maia Pereira

Transgênicos 2 -A pesquisa de campo faz parte da etapa final do trabalho de pesquisa realizado pelos alunos sobre o assunto. "Agora queremos saber o que o cidadão jaraguaense sabe sobre os alimentos transgênicos e qual a opinião sobre o assunto", reforça ela. Ano passado a professora Rosane desenvolveu trabalho semelhante envolvendo os aditivos químicos encontrados nos alimentos.

Copyright © 1998 A Notícia - Todos os direitos reservados - Telefone: 055-47 3431-9000 - Fax: 055-047 431 9100
Rua Caçador, 112 - CEP 89203-610 - Caixa Postal: 2 - 89201-972 - Joinville - Santa Catarina - BRASIL
..
. .