Joinville         -          Quinta-feira, 13 de Abril de 2000         -          Santa Catarina - Brasil
 
 

ANotícia  

P  
O  
L  
Í  
C  
I  
A  













Palmiteiro morre
baleado em emboscada

Vítima, junto com outros três irmãos, retirava palmito de propriedade rural em Massaranduba

Peterson Izidoro

Quatro irmãos, entre eles três menores, foram surpreendidos na madrugada de ontem quando transportavam 450 cabeças de palmito, extraídos ilegalmente da propriedade do bananicultor Irineu Jurk, 40, no Morro do Espinho, a dez quilômetros do centro de Massaranduba. A emboscada, numa estrada de acesso à propriedade, deixou um morto, dois feridos e dúvidas para a polícia.
Zaqueu Gonçalves Filho, 19, foi atingido por um tiro de escopeta na altura do peito e encontrado morto por volta das 5 horas, às margens da estrada que liga a região de Ribeirão Irma, de Massaranduba, ao bairro Rio Cerro 2, em Jaraguá do Sul. A polícia investiga de onde partiu os disparos, que também acertaram J.G., 16, encaminhado para o hospital São José, em Joinville, com ferimentos nas pernas. Eles estavam com outros dois irmãos menores, I.G., 14, e M.G.N., 17.
A polícia encontrou roupas, alimentos e um revólver modelo Bereta calibre 6.35 no acampamento do grupo, instalado dentro da propriedade dos Jurk. O comissário João Ivan Kazmierski, responsável pela delegacia de Massaranduba, acredita que os palmiteiros tenham cortado as plantas, com idade aproximada de quatro anos, nas duas noites anteriores ao crime.
A lei do silêncio entre os moradores da localidade prejudica a investigação da polícia. Agricultores que moram a menos de 300 metros do local onde ocorreu o tiroteio afirmam não terem ouvido os disparos. "O roubo de palmito é diário nesta região", diz Francisco Cisz, 58, que decidiu abandonar os quase três hectares de área plantada de palmito devido à ação das quadrilhas no Ribeirão Irma.
Celulares
Aparelhos que integram voz e dados são tendência de mercado, mas dependem da adoção de redes mais modernas de telefonia no País.  AN_Informática 
Acompanhado pela advogada Fátima dos Santos Santana Ney, de Blumenau, o pai dos irmãos, o agricultor Zaqueu Gonçalves, foi interrogado no início da tarde de ontem pela delegada Jurema Wulf, na delegacia de Guaramirim. Ele revelou que Zaqueu Gonçalves Filho só foi socorrido depois que a família comunicou o fato à polícia de Jaraguá do Sul. A polícia acredita na participação do pai no roubo dos palmitos.


Triplo homicídio choca Varjeão
e ainda é mistério para polícia

Vargeão - Um triplo homicídio, ocorrido na segunda-feira, chocou a comunidade de Vargeão, no Oeste catarinense, distante cerca de 30 quilômetros de Xanxerê. Com pouco mais de quatro mil habitantes, a cidade é considerada extremamente pacata. Em 13 anos foram registrados seis homicídios. O crime, segundo o responsável pela delegacia de polícia, Celso Cavalheiro, foi descoberto apenas na terça-feira, pelo cunhado de uma das vítimas. Estranhando a casa fechada e sem nenhum movimento, Sadi Gubert foi até lá e encontrou os corpos da cunhada Salete Gubert, 34, da sua filha Talita Gubert, 15, e do namorado da garota, Rudimar Todescatti, 24.
Mãe e filha foram mortas com dois tiros cada na cabeça e Rudimar com dois tiros no peito e um próximo à nuca. Os corpos de Talita e de Rudimar foram encontrados na cozinha e o de Salete na sala. Durante as buscas, a polícia encontrou dois revólveres e um bilhete com a seguinte mensagem: "Você queria matar os teus pais, ia fazer. Você me traiu. Vou matar e me matar".
Mesmo com o bilhete, a polícia trabalha com a hipótese de triplo homicídio. "Nós não acreditamos em duplo homicídio seguido de suicídio. Quem se mata com três tiros?", indaga o delegado. A polícia já fez a perícia no local e recolheu material para fazer os exames de balística, grafotécnico do bilhete e também coletou material das mãos das vítimas para saber se alguém disparou a arma.
Jamir Gubert, marido de Salete e pai de Talita, estava em Mato Grosso a trabalho e chegou ontem à tarde na cidade para os funerais. Por se tratar de uma família muito conhecida na cidade, foi grande a presença de conhecidos no velório e enterro. (Joce Pereira)


Vigia morre com 3 tiros

Joinville - Com três tiros nas costas de uma arma ainda não identificada, o vigilante Vilmar João Alves, 43, foi assassinado na noite de terça-feira, em Joinville. O crime, que aconteceu na rua Monsenhor Gercino, no bairro Itaum, está sendo investigado por policiais do 5º DP. De acordo com declarações de testemunhas prestadas à PM, a vítima teria discutido com dois jovens cabeludos, um deles moreno e outro loiro. Um dos suspeitos é conhecido por Edejaques ou Zico.
O delegado Djalma Alcântara da Silva, informa que, por enquanto, o caso está muito confuso. "Pode ter sido um homicídio ou um latrocínio", arrisca. Ele e a sua equipe de investigação apuraram até o momento que a vítima, antes de ser assassinada, teria se dirigido até um quiosque para comer um cachorro-quente. Ao efetuar o pagamento, o vendedor constatou que ela tinha uma certa importância em dinheiro. (Arlei Zimmermann)


Crime pode ter
sido vingança

Joinville - A polícia acha que o fugitivo do presídio de Florianópolis, Volnei Gustavo Soares Rodrigues, 37, foi executado em Joinville com vários tiros num acerto de contas com outros integrantes de uma quadrilha acusada de ter realizado vários assaltos na região Norte. Condenado a 27 anos de cadeia, pela Justiça de Porto Alegre e Palhoça, por envolvimento em latrocínio, furto e assalto, ele estava foragido desde o dia 10 de junho do ano passado com mandado de prisão expedido em 24 de agosto, pela Vara de Execuções Penais da Capital.
O crime ocorreu à 1 hora da madrugada de terça-feira, na casa alugada pelo trabalhador braçal Carlos Vitor Vincheski, 33, no km 15 da Estrada do Sul, bairro Vila Nova. A mulher de Carlos, Dulcelene Jaraceski, 36, conta que "estávamos dormindo quando Volnei entrou acuado no quarto, perseguido por dois homens encapuzados e armados, atirando nele". Volnei foi atingido por tiros de revólver calibre 38 e de escopeta calibre 12. Em seguida o homem que estava com o revólver atirou cinco vezes em Carlos Vincheski, acertando cabeça, tórax, barriga, coxa e pé. Ele está internado no Hospital Regional.
No local a polícia encontrou três capuzes, munição calibre 32 e 9 milímetros, duas buchas de maconha, pequeno pote com sementes de maconha, fardamento camuflado do Exército e farda da Polícia Militar. Também foram detidos na casa Carlos Henrique do Amaral Rocha, 28, e Elvaristo Fagundes, 53. Rocha possui condenação de dois anos e seis meses de reclusão pela Justiça de Imbituba por envolvimento em assalto, furto e porte de tóxico.
Espíndola já apurou que, pelo menos, outros fugitivos do presídio da capital, juntamente com um preso de Joinville, que está em liberdade condicional, integram a quadrilha da qual fazia parte Volnei. "A escopeta usada pelo bando foi furtada da viatura do Pelotão de Operações Especiais da PM, este ano, nas proximidade da Boate Metrô, no bairro Itaum", revela o policial. (Marcos de Oliveira)


Posto do Besc assaltado
por dupla armada

Lameiro requintado
Com tecnologia e requinte, o Gran Cherokee Limited é um off-road de luxo com preço para poucos.  AN_Veículos 
Jaraguá do Sul - Dois homens armados levaram ontem, no início da tarde, R$ 5,6 mil do posto de serviços do Besc, no bairro Santa Luzia, interior de Jaraguá do Sul. A ação foi rápida, não durou mais do que três minutos, e os assaltantes fugiram em uma moto Honda vermelha, sem placas. Essa é a segunda vez, em menos de um mês, que o posto é assaltado.Mais de 30 policiais militares e civis, com ajuda de um helicóptero, participaram da operação de caça à dupla.
Segundo vizinhos do posto, os ladrões chegaram cinco minutos antes do fechamento, que ocorre às 14 horas, e renderam um caixa e uma vigia que trabalhavam no local. Eles fugiram levando a pistola da vigia do posto.
Até o início da noite os policiais ainda não tinham conseguido prender os assaltantes. No mês passado, dois irmãos assaltaram o posto, mas foram presos depois de ficarem escondidos por mais de três horas dentro de um arrozal.

Manchetes AN

Das últimas edições de Polícia
12/04 - Foragido executado dentro de casa
11/04 - Desbaratado esquema de tráfico dentro de prisão
10/04 - Tensão em presídio após mais uma ameaça de motim
09/04 - MP denuncia envolvidos em crime
08/04 - Operação de guerra contra tráfico
07/04 - Presa policial envolvida em estelionato
06/04 - Seqüestro e morte em tentativa de assalto

Leia também

Tijucas/Biguaçu

Acidentes matam três pessoas

Ao fazer uma manobra brusca em uma curva no acesso a Tijucas, no início da tarde de ontem, o motorista do Fiat Fiorino LXX-6273 (Canelinha), Ademir Soares, 32, perdeu o controle do veículo e tombou numa ponte sobre um córrego. Desgovernado, o Fiorino caiu na água e provocou a morte do motorista e do passageiro Carlos dos Santos Geral, 30. Soldados do Corpo de Bombeiros da região tiveram muito trabalho para resgatar os corpos das vítimas. Em Biguaçu, o aposentado Erondino Satyro dos Santos, 77, foi atropelado e morto no km 180 da BR-101 pelo Gol AEO-5829 (Videira), às 22h30 de terça feira. De acordo com patrulheiros da Polícia Rodoviária Federal, o pedestre teria sido surpreendido pelo Gol, quando tentou atravessar a BR-101.

Araranguá

Mulher cai no
golpe do cheque

A polícia de Araranguá está a procura um casal que aplicou o golpe do cheque em Luciana Antunes Padilha, 21, que registrou a ocorrência na 1ª DP. Ela foi até o Banco do Brasil, no centro da cidade, ontem às 10h30, e retirou R$ 2 mil. Um homem loiro, de olhos azuis e bem vestido, estava próximo e deixou cair um cheque no chão. A vítima recolheu e chamou o desconhecido. O cheque é furtado de uma agência do Besc, de Fraiburgo, no valor de R$ 18,2 mil. Para agradecer o homem disse que daria uma gratificação à Luciane, que deixou a bolsa com uma mulher que também estava no banco. Os dois sairam do banco e seguiram até uma praça, onde a vítima ficou esperando. Quando percebeu o golpe, Luciane voltou ao banco, mas não encontrou mais a mulher e o dinheiro.

Itajaí

Policiais prendem
acusado de tráfico

Acusado de tráfico de drogas, Carlos Roberto André, mais conhecido como "Dezoito", de 47 anos, foi preso ontem, em Itajaí, depois de uma investigação da Polícia Militar de Itajaí. A prisão aconteceu por volta das 18 horas, no bairro Nossa Senhora das Graças (Matadouro). O suposto traficante estava em um veículo Fiat Uno, acompanhado de Sidnei Nunes, 25 anos e J.A.N., 17 anos. Os três foram abordados pelos policiais militares. De acordo com informações da polícia, "Dezoito" tinha em seu poder 100 gramas de crack. Os detidos foram encaminhados à 1ª Delegacia de Polícia para interrogatório. "Dezoito" já é conhecido da Polícia Militar, têm diversas passagens pela polícia e já cumpriu pena por trafico de drogas no Presídio de Itajaí.

 
Copyright © 2000 A Notícia - Fone: 055-0xx47 431 9000 - Fax: 055-0xx47 431 9100 - Rua Caçador, 112 - CEP 89203-610 - C. Postal: 2 - 89201-972 - Joinville - SC - BRASIL - EXPEDIENTE
 

Torque ComunicaÁ„o e Internet