Joinville         -          Quarta-feira, 4 de Julho de 2001         -          Santa Catarina - Brasil
 
 

ANotícia  

E  
S  
P  
O  
R  
T  
E  













Coracini é a mais
nova contratação do JEC

Volante retorna ao clube depois de vertir camisa tricolor em 1999

O Joinville anuncia hoje, ou no máximo amanhã, a volta a seu elenco do meia armador Daniel Coracini, um dos destaques do estadual pelo Tubarão e integrante da Seleção Catarinense. Coracini recebeu proposta do clube, aceitou e viaja hoje para o norte do Estado. A mudança de clube foi anunciada pelo próprio Coracini em entrevista à Rádio Tubá, de Tubarão, ontem à tarde.
O jogador defendeu o Joinville em 1999, jogou na Inter de Limeira no primeiro semestre do ano passado e foi contratado pelo Tubarão no segundo semestre daquele ano. Outro que também deve ser anunciado pelo JEC é o atacante Oséias, que defendeu o Atlético Alto Vale.
No demorado processo de remontagem do time, continuam conversando com o presidente Mauro Bartholi o volante Perivaldo e o atacante Adão. Os dois fizeram propostas com aumento salarial. Perivaldo disse ontem que seu pedido não está "nada fora" da realidade. "Sempre dei prioridade ao Joinville. A diferença é mínima. Se não resolver logo, vou atrás de outros clubes que me procuraram", revelou Perivaldo.
O caso de Adão envolve outros detalhes além de negociação direta entre jogador e clube. Seu passe pertence ao Grêmio. "Meu desejo é ficar, porque gostei do Joinville e da cidade. Creio que o problema maior será entre os clubes".
Situação semelhante vive o volante Lico, capitão do JEC na campanha do ano passado. Ele está de volta, mas depende da liberação do Coritiba a partir de um pedido de seu procurador, que pode pedir alguma vantagem.

Artur x Lico

Outro problema na agenda do presidente é o desentendimento entre o técnico Artur Neto e o supervisor Antônio Nunes, o Lico. "Estamos lutando em busca de uma solução antes de tomar uma atitude mais drástica", avisou Mauro Bartholi.
Arrependido por ter agredido verbalmente o técnico Artur Neto logo depois de saber que não teria o contrato renovado, o volante Wilson procurou a imprensa ontem para dizer que estava arrependido. Artur Neto disse que a retratação seria suficiente para não levar adiante a decisão de processar o atleta.

Criciúma júnior
nas semifinais

Criciúma - A equipe júnior do Criciúma continua sendo o destaque na Taça Belo Horizonte. A equipe de Ademir Patrício derrotou o Palmeiras de São Paulo por 2 a 1, ontem em Itabirito-MG, e garantiu vaga nas semifinais. O adversário do Tigre na partida de amanhã, às 15 horas, em Nova Lima, será o Cruzeiro, que eliminou o Atlético-MG por 3 a 2 nos pênaltis, após empate de 2 a 2 no tempo normal. Os gols do Criciúma foram marcados por Róbson Mesalira e Saulo.
Motor Fire dá sobrevida ao Uno Mille
Lançado em 1990, carro da Fiat é o terceiro mais vendido no ranking dos chamados populares 1.0.  AN_Veículos 
O técnico Ademir Patrício disse que o jogo foi bastante difícil, mas que a vitória mostrou a força do grupo. Na outra semifinal, também amanhã, jogam Fluminense e Santos, às 19 horas, em Itabirito-MG. O Criciúma permanece invicto na competição.
O Guarani e Campinas (SP) será o terceiro adversário do Criciúma em jogos amistosos, que servem como preparativos para o time participar do Campeonato Brasileiro da Série B. Depois de jogar duas vezes e vencer ambas ao Caxias (RS), a equipe do técnico Luiz Gonzaga Milioli enfrenta no sábado o Internacional (RS), às 16 horas e na quarta-feira o clube paulista.
A informação foi prestada pelo gerente de futebol Paulo da Pinta, que mantém contatos com Juventude (RS), Atlético (PR) e Paraná, para novos amistosos. O departamento médico, ontem, avisou que Mahicon Librelato, que teve entorse de tornozelo no último amistoso, está fora do jogo de sábado, assim como Jeferson Feijão que se recupera de lesão muscular.


CBF discute hoje
velhos problemas

Para piorar, entidade não cumpriu meta de racionamento

Rio de Janeiro - Enfrentar velhos problemas, como a falta de tempo para treinar, em um momento decisivo para a Seleção Brasileira é o desafio da comissão técnica, ao elaborar ontem, em reunião na Confederação Brasileira de Futebol (CBF), a programação para o jogo contra o Paraguai, pelas Eliminatórias do Mundial de 2002. Ainda deve acontecer um encontro entre dirigentes para mudar a partida, do Rio de Janeiro para Curitiba.
Enquanto tenta um plano emergencial para salvar a seleção, a CBF dá mais um demonstração de incompetência: terá de fechar durante duas semanas porque não cumpriu a sua cota de racionamento. O técnico da seleção Luiz Felipe Scolari e seus auxiliares precisarão de criatividade para aumentar o tempo disponível para treinamento com o objetivo de se preparar para o jogo. Em data a ser definida, Scolari e o coordenador Antônio Lopes viajarão à Europa para pedir a dirigentes estrangeiros a liberação com antecedência de jogadores - procedimento que se revelou ineficaz com Émerson Leão.
Como dificilmente contará com os "estrangeiros" europeus, a comissão técnica não deverá marcar amistosos no mês de julho. Mais uma baixa: a presença de Ronaldo contra o Paraguai está definitivamente descartada com a recusa oficial da Inter em cedê-lo.
Outro encontro que deve acontecer hoje será entre o presidente da Federação Paranaense de Futebol (FPF) Onaireves Moura e o presidente da CBF Ricardo Teixeira. Na reunião, eles podem definir a transferência do jogo com o Paraguai do Rio para Curitiba, onde seria realizado no Estádio Couto Pereira.

Apagão

A CBF não conseguiu atingir a sua cota de consumo, determinada em virtude do "Apagão", e terá de funcionar em sistema de plantão para não sofrer cortes. Do dia 9 ao dia 23 deste mês, todos os empregados da entidade estão dispensados por economia. Por causa do racionamento, a Confederação Brasileira de Futebol anunciou que cinco jogos de clubes paulistas no Campeonato Brasileiro foram transferidos para Brasília. O Corinthians jogará contra o Cruzeiro e o Botafogo, na capital federal. O Santos enfrentará o Flamengo, o Palmeiras e o Botafogo, no mesmo local. Outro que atua na cidade é o São Paulo, que joga com o Fluminense.
Em troca, os clubes receberão uma cota fixa a ser paga pela Federação Brasiliense de Futebol e um percentual sobre a bilheteria. Ainda serão em Brasília as partidas entre Fluminense e Juventude; Flamengo e Atlético-MG e Flamengo e Vitória. Os jogos serão às 16 horas, quando forem no fim de semana, e às 21h45, no meio da semana.


Indefinida situação
de Ronaldinho

Grêmio recusou nova proposta apresentada pelo PSG

Porto Alegre - A diretoria do Grêmio recusou ontem mais uma tentativa do Paris Saint-Germain de contar com o futebol de Ronaldinho o mais rápido possível. O jogador não atua desde o final de janeiro e encontra-se em litígio com o tricolor gaúcho, depois de assinar um pré-contrato com os franceses. Ontem, o PSG ofereceu ao Grêmio o passe do centroavante brasileiro Aloísio, contratado na semana passada junto ao Saint-Etienne, e mais 4 milhões de dólares. Prontamente, os dirigentes gremistas recusaram. O clube gaúcho só aceita uma oferta superior a 20 milhões de dólares.
O advogado de Ronaldinho, Sérgio Neves, vem tentando sucessivamente cassar a liminar impetrada pelo Grêmio e que impede o jogador de atuar pelo PSG. Caso o meia-atacante assine com os franceses, ele será obrigado a desembolsar R$ 48 milhões.
O técnico Tite já tem uma formação titular para começar o segundo semestre. Apesar de perder Eduardo Costa e Marcelinho Paraíba, ambos vendidos para o exterior, ele não quer esperar a direção do clube para substituí-los. Na vaga de Eduardo Costa, será escalado Ânderson Polga como primeiro volante. Até porque o jogador é originário dessa posição.
Para a vaga do atacante Marcelinho Paraíba, o escolhido é Fábio Baiano, originalmente um volante. O Grêmio terá, no início da Copa Mercosul e no Campeonato Brasileiro, a seguinte formação: Danrlei; Marinho, Mauro Galvão e Roger; Ânderson, Polga, Tinga, Zinho e Rubens Cardoso; Fábio Baiano e Rodrigo Mendes.
Em reunião ocorrida, ontem, foi definida a situação do volante Eduardo Costa. Vendido ao Bordeaux da França, por 8 milhões de dólares, o jogador rescinde ainda hoje o seu contrato com o tricolor. No início da noite, ele viaja para a França. Eduardo Costa é catarinense de Florianópolis, filho do ex-jogador Catarina e sobrinho do também ex-jogador Beto Fuscão. Com o dinheiro da venda de Eduardo Costa, a diretoria pode contratar um jogador de destaque internacional.

Inter definido

O Inter, por sua vez, não tem grandes estrelas, mas já começa a ter uma cara. O técnico Carlos Alberto Parreira definiu ontem o time que fará amistoso com o Criciúma, no sábado, no estádio Heriberto Hülse: Hiran; Denílson, Gilmar Lima, Ronaldo e Barão; Leandro Guerreiro, Carlinhos, Marcelo e Lê; Fábio Pinto e Luís Cláudio. O time de Parreira continua realizando a pré-temporada em Itapema, litoral Norte de Santa Catarina.
A diretoria continua tentando a contratação de reforços. Parreira ainda espera contar com o zagueiro Émerson, da Portuguesa.


Copa dos Campeões
define hoje os finalistas

Flamengo terá o retorno de Gamarra diante do Cruzeiro

João Pessoa - Dois jogos vão definir nesta quarta-feira os finalistas da Copa dos Campeões, competição que define um dos representantes do Brasil na Taça Libertadores. Em Maceió, às 21h45, o São Paulo enfrenta o Coritiba com a vantagem de poder perder por diferença de até um gol para garantir vaga na final. No mesmo horário, em João Pessoa, o Flamengo enfrenta o Cruzeiro. Como houve empate no primeiro jogo (0 a 0), o vencedor no tempo normal fica com a vaga. Nova igualdade, leva a decisão para os pênaltis.
O zagueiro Gamarra é o principal reforço do Flamengo. Para motivar ainda mais os jogadores, a diretoria do Flamengo pagou, ontem, dois meses de salários atrasados. O zagueiro paraguaio disse estar feliz por poder voltar a atuar. Embora tenha se recuperado recentemente de contusão, Gamarra mostrou-se tranqüilo quanto à possibilidade de a partida ser violenta, como aconteceu no primeiro confronto. "Quero entrar em campo e fazer o melhor. Os lances fortes e violentos fazem parte do futebol", disse o zagueiro.
O meia Beto procurou não polemizar em relação à violência utilizada pelo adversário na primeira partida, segundo o técnico Zagallo. De acordo com o jogador, a partida será "truncada", mas o Flamengo terá todas as chances de vencer se procurar "somente jogar futebol". Para o lugar do lateral-direito Alessandro, que cumpre suspensão automática, Zagallo, escalou Maurinho. O jogador disse estar feliz e preparado para a nova oportunidade na equipe. Anteriormente titular da equipe, ele quer recuperar a posição, perdida no final do Campeonato Carioca.
Marcação
Mesmo sem poder contar com o lateral argentino Sorín e o volante Ricardinho, expulsos no primeiro jogo com o Flamengo (0 a 0), o técnico Paulo César Carpegiani vai manter o esquema tático do Cruzeiro. O treinador da equipe mineira quer os seus jogadores exercendo forte marcação sobre o adversário e trabalhando bastante a bola nas jogadas de ataque.
Brusque, paraíso do café colonial
Confeitarias e restaurantes que oferecem o serviço na cidade costumam lotar com a queda da temperatura.  AN_Turismo 
Carpegiani também condenou as declarações do técnico flamenguista Zagallo, que acusou o Cruzeiro de ter sido violento no último confronto. Para o treinador da equipe mineira, o objetivo do colega adversário foi o de pressionar a arbitragem antecipadamente para o segundo confronto, o que poderia prejudicar o seu time. "O Zagallo fala demais. Mas ninguém vai nos vencer no grito", afirmou.
No lugar de Sorín, entra o garoto Alex e Sérgio Manoel, que seria improvisado na lateral esquerda, jogará como meia, ajudando também na marcação pelo setor esquerdo. A novidade do Cruzeiro deve ser na zaga: a dupla Cris e Luisão, titular com o ex-técnico do time, Luiz Felipe Scolari, joga pela primeira vez sob o comando de Carpegiani. Os dois serviam às seleções brasileiras (principal e sub-20)

FLAMENGO: Júlio César; Maurinho, Juan, Fernando e Cássio; Leandro Ávila, Rocha, Beto e Petkovic; Edílson e Reinaldo. Técnico: Zagallo. CRUZEIRO: André; Neném, Luisão, Cris e Alex; Marcus Vinícius, Cléber Monteiro, Jackson e Sérgio Manoel; Marcelo Ramos e Oséas. Técnico: Paulo César Carpegiani. ÁRBITRO: Paulo Cezar de Oliveira (Fifa-SP) HORÁRIO: 21h45. LOCAL: Em João Pessoa, na Paraíba.

São Paulo mais próximo da vaga

Maceió - Nelsinho Baptista completa nesta quarta-feira um mês como técnico do São Paulo. Nada melhor para comemorar a data do que a classificação da equipe paulista para a final da Copa dos Campeões diante do Coritiba, às 21h45, no Estádio Rei Pelé, em Maceió, competição que garante ao campeão a participação na Taça Libertadores de 2002.
Beneficiado pela vitória por 2 a 0 na primeira partida, sábado, em João Pessoa, o time do Morumbi poderá perder por um gol diferença, que estará classificado para a final. A derrota por dois gols leva a decisão da vaga para os pênaltis. O time paranaense terá de vencer por três gols de diferença para conseguir a classificação no tempo normal. "A vantagem é boa, mas temos de manter o empenho da disputa contra o Sport", diz o treinador, sem pensar em jogar para garantir o que prevê o regulamento da competição.
Com o melhor ataque (11 gols em 3 jogos), Nelsinho diz que não pode de forma alguma mudar seu esquema. Ele até reforça o time com a escalação do lateral-direito Belletti, que estava na Seleção. Um jogador experiente e entrosado com os companheiros. "Não podemos correr riscos, porque o Coritiba demonstrou que conta com um contra-ataque forte e rápido", diz Nelsinho.
O Coritiba não jogou a toalha. O time do técnico Ivo Wortmann quer manter a condição de "zebra" e repetir contra o São Paulo o que foi feito diante do Corinthians tirando mais um time paulista da Copa dos Campeões, e chegar à final da competição. "Nossa confiança é muito grande", diz o treinador.

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Belletti, Jean, Wilson e Gustavo Nery; Alexandre, Douglas, Carlos Miguel e Fábio Simplício; França e Luís Fabiano. Técnico: Nelsinho Baptista. CORITIBA: Marcelo Cruz; Max Sandro, Paulo Roberto e Allan; Juliano, Messias, Cris (Ataliba), Mabília (Da Silva) e Alemão; Evair e Enílton. Técnico: Ivo Wortmann. LOCAL: Estádio Rei Pelé (21h45).


Baiano ganha passe na justiça

Rio - O zagueiro Júnior Baiano obteve, ontem, na Justiça Trabalhista, o passe livre, se desvinculando do Vasco, último clube onde atuou. A responsável pela liberação do jogador foi a juíza da 18ª Vara Trabalhista, Juliana Ribeiro. O clube entrará com uma liminar para reverter a decisão. Os dirigentes do Vasco não pagaram os salários do zagueiro referentes ao período em que esteve suspenso porque ele não estava jogando.
De volta da Seleção, que enfrentou o Uruguai, Romário esteve ontem, em São Januário, fez um treino físico leve e, logo depois, foi liberado. Ele vai se reapresentar só na próxima segunda-feira. Outro que retornou da Seleção é o atacante Euller
que está com uma contusão muscular. Ele será submetido a uma ressonância magnética nesta quarta-feira para identificar o grau do problema. O técnico Joel Santana prevê que, a partir da próxima semana, terá todos seus jogadores treinando normalmente. "Eu acho que estes jogadores, na medida do possível, se apresentarão semana que vem."
Paulo Autuori se apresentará quinta-feira, em Caio Martins, para assumir o cargo de técnico do Botafogo, pondo fim, assim, à novela que se desenrolava há semanas. Nos próximos dias, ele, juntamente com seu auxiliar Renê Weber, irá definir os reforços para o elenco do Botafogo. A diretoria do clube cogita a contratação de alguns jogadores, mas ainda não há nada certo. Foi confirmada, nesta terça-feira, a contratação do meia e lateral Leonardo Inácio, que só dependia de uma liberação do Flamengo. Como não estava sendo aproveitado pelo técnico Zagallo os dirigentes rubro-negros resolveram emprestar o seu passe ao rival, na esperança de valorizá-lo.
O superintendente de Futebol do Fluminense, Paulo Angioni, ainda não considera certa a contratação do meia Roger, do Benfica, mas garante que o negócio está evoluindo. Entretanto, há algumas semanas, o dirigente tricolor dizia que era inviável a volta de Roger.


Luxemburgo
perde força no Timão

Dirigente teria tentado contratar Tite, do Grêmio

São Paulo - As eliminações para o Grêmio, na Copa do Brasil, e para o Coritiba, na Copa dos Campeões, racharam o Corinthians internamente. O vice-presidente de futebol do clube, Antônio Roque Citadini, e o técnico Wanderley Luxemburgo estão em rota de colisão.
O descontentamento do dirigente corintiano com o treinador é tão grande que, logo após a derrota por 3 a 1 para a equipe gaúcha, em pleno Morumbi, Citadini teria enviado um representante para conversar com o técnico gremista Tite sobre a possibilidade de ele transferir-se para o clube paulista.
Tite admitiu a consulta para amigos, mas, publicamente, confirmou apenas que foi sondado por uma equipe de São Paulo. Ele recusou na hora qualquer proposta, argumentando que irá cumprir o contrato com o Grêmio até o fim do ano. A recusa fez Citadini mudar de tom em relação a Luxemburgo.
O vice de futebol do Corinthians passou a garantir a manutenção de Luxemburgo no cargo. "Avaliamos que o desempenho do grupo em geral melhorou em relação ao último semestre do ano passado", justificou o dirigente. Citadini não conseguiu esconder, no entanto, a insatisfação com os últimos resultados do time. "Tivemos decepções, foram situações frustrantes, mas não é nada pessoal contra o técnico", garantiu.
Os jogadores reapresentam-se amanhã no Parque São Jorge, quando iniciam a preparação para o Campeonato Brasileiro e a Copa Mercosul.
Vampeta no Palmeiras
O Palmeiras pode receber um grande e inesperado presente de seu patrocinador, a Pirelli, logo na primeira semana de contrato. O volante Vampeta, que está no Paris Saint-Germain, quer retornar ao Brasil e pode ser "colocado" no Palestra Itália. O passe do atleta pertence à Inter de Milão, que também é patrocinada pela Pirelli. Como ele não pretende permanecer na Europa, a solução encontrada pelos italianos seria cedê-lo ao Palmeiras por pelo menos um semestre.
Vampeta confirmou que não tem mais interesse em jogar pelo PSG nem de voltar para a Inter, com quem tem contrato de três anos. Admitiu que seria uma ótima idéia atuar pelo Corinthians, mas não descartou a hipótese de jogar no Palmeiras. Justamente por causa do patrocinador, o alviverde está na frente pela disputa do atleta.
A negociação marcaria a "estréia" do intercâmbio entre Palmeiras e Inter. A prioridade da Pirelli, no entanto, é fazer uma troca de juniores e juvenis entre os clubes e não de "medalhões". O maior empecilho para a contratação de Vampeta é o salário. O Palmeiras não abre mão da política do bom e do barato. E, por isso, não lhe pagará muito.


Brasileiro da Série B
pode ter mudanças

Joinville - O Campeonato Brasileiro da Série B vai começar no dia 5 de agosto, mas ainda não tem confirmada oficialmente sua fórmula de disputa e o número de participantes. Sexta-feira, no Rio, uma nova reunião do Clube Brasil, entidade que congrega os representantes de clubes da Série B, pode definir mudanças na comnpetição.
A hipótese mais provável é de que o campeonato seja regionalizada, com os 28 clubes sendo divididos entre dois grupos de 14. Num grupo ficariam os clubes das regiões Sul-Sudeste-Centro-Oeste, e no outro os clubes do Norte e Nordeste. Existe ainda a possibilidade do número de clubes aumentar para 32.
A Globo Esportes, braço da Rede Globo que trata das questões do esporte, admite patrocinar a competição, oferecendo cota de R$ 30 mil para os jogos fora de casa. As equipes mandatárias ficariam com a renda dos seus jogos.


Piscina do Caça
e Tiro será coberta

Debora Sabino
Especial para A Notícia

Brusque - O Clube Caça e Tiro Araújo Brusque lança, hoje à noite, o projeto de cobertura de sua piscina semi-olímpica. Com o novo projeto, os atletas podem intensificar os treinos no inverno, além do clube formar escolinhas de natação, com o objetivo de renovar a atual equipe. A cobertura será transparente, em policarbonato.
Ontem à tarde, a direção da equipe confirmou a permanência do nadador Rogério Branco como técnico. Branco estava dirigindo a equipe desde maio, quando começaram da atual temporada. Esta é uma nova etapa na carreira do nadador que em Santa Catarina, participa apenas nos Jasc, uamvez que é filiado a São José dos Campos, em São Paulo, por quem disputa o Campeonato Paulista e os jogos regionais.


Cobra D'Água
vence Regata da Imprensa

Florianópolis - O veleiro Cobra D'Água, do comandante Jan Van Muller, foi o vencedor da Regata Imprensa válida pela 2ª etapa da Copa Flotilha de Oceano. O Cobra D'Água completou o percurso de 15 milhas em 2h34min58s. A próxima etapa da Copa Flotilha está marcada para 1º de setembro com a Regata Solitário.
Com vento de 10 nós soprando de quadrante nordeste e um mar sem ondas, os veleiros tiveram excelentes condições para velejar. O Cobra D'Água conseguiu o melhor rendimento e uma vantagem de 11 minutos sobre o Travessia, de André Alves.
A vitória na Regata Imprensa assegurou ao Cobra D,Água a liderança da Copa Flotilha de Oceano. Na primeira regata, a Ele e Ela, o veleiro de Jan Van Mullen havia terminado em segundo atrás apenas do Homo Erectus.

Scheidt - Às vésperas da participação do Mundial de Laser da Irlanda, programado para a cidade de Corc, entre os dias 30 de julho e 5 de agosto, o iatista brasileiro Robert Scheidt vai finalizando sua preparação para tentar o quinto título mundial. Ontem, ele seguiu para Portugal para a disputa, no final de semana, das Regatas Diera.


Avacir Chaves
é destaque na velocidade

Guabiruba - O destaque da 3ª etapa do Campeonato Catarinense de Enduro de Velocidade foi o piloto de Joinville Avacir Chaves (Neném Motos) ganhador das categorias força livre e 220cc. Na over 35, o líder do Estadual Wilmar Possamai, de Blumenau, venceu pela terceira vez consecutiva. Alécio Loschner (André Motos/Luc Malhas/Stdeli), de Guabiruba, na Light; e Tiago Hort (Milk Motos), Brusque, na nacional, foram os demais ganhadores da etapa.
Quem se deu bem na etapa foi Humberto Cadori Filho (PE Motos/MCR/Cadori Peças e Serviços), de Itapema, que é o novo líder na força livre. Ele terminou em segundo e superou Luiz Carlos Franz, de São Bento do Sul, que não competiu. Cadori tem agora 51 pontos, à frente de Wilmar Possamai, com 43, e Franz, com 40.

Manchetes AN
Das últimas edições de Esporte
03/07 - Joinville fica sem Roberto e recontrata Lico
02/07 - Nova derrota complica situação do Brasil
01/07 - Felipão é o salvador, segundo os internautas
30/06 - Élber vai jogar ao lado de Romário amanhã
29/06 - Coritiba estava "fora" antes de "matar" Timão
28/06 - Definidos os semifinalistas da Copa dos Campeões
27/06 - Joinville apresenta Castor e luta para manter elenco

Leia também

Joinvilense Tiago Splitter reforça equipe de basquete

Jovem gigante, de 2,07 metros, joga no time do Tau, da Espanha

São Paulo - Um convidado especial foi convocado pelo técnico Hélio Rubens Garcia para trabalhar com a seleção brasileira masculina de basquete dentro da filosofia de renovação que visa o ciclo olímpico - o Brasil não quer ficar fora dos Jogos de Atenas, em 2004. Trata-se de um jovem gigante: Tiago Splitter, um pivô de 16 anos, que tem a incrível estatura de 2,07 metros e a tendência de ainda crescer, normal para quem é apenas um adolescente. Tiago tem um contrato de sete anos com o basquete espanhol - atua no Tau Cerâmica, de Vitória, ao norte perto de Bilbao - e foi convidado para treinar com a seleção.
Catarinense, de Joinville, Tiago cresceu vendo o seu pai Cássio, jogador e treinador, em quadra. Joga desde os cinco anos e nunca foi baixo. O teste de impulsão que a seleção fez, nesta terça-feira, em São Paulo, teve de ser realizado no quintal do Centro de Estudos da Medicina da Atividade Física e do Exercício (Cemafe), por causa da estatura dos atletas. Ao saltar sobre o tapete que mede a impulsão, gigantes como Tiago bateriam no teto.
O jogador está na Espanha desde setembro - seu último clube no Brasil foi o Ipiranga, de Blumenau. Lá ganhou seis quilos de massa muscular, fruto do forte trabalho físico que caracteriza o basquete europeu. "Eles trabalham a técnica individual e a parte física." Não gosta de como o basquete brasileiro é visto na Europa. "Eles só conhecem o Oscar. Acham que nosso basquete é só ataque, não entendem como Oscar, aos 43 anos, faz 30 pontos por jogo. Pensam que o Brasil não tem defesa."
Tiago ficou feliz com o convite para treinar com a seleção. "É bom saber que os mais jovens têm chances de lutar por vaga nesse time." Está entre os 12 jogadores dos 27 convocados que se apresentaram, nesta terça-feira, para avaliação física (testes de potência aeróbica, percentual de gordura e massa muscular e impulsão vertical).
Esse grupo segue para treinos, em Ribeirão Preto, com os técnicos Nilo Guimarães e Ênio Vecchi. Dia 10 chega o outro grupo que está jogando amistosos no México, sob o comando de Hélio Rubens Garcia, técnico principal, e Aloisio Xavier, o Lula. Demétrius, que está descansando, Rogério e Janjão que se recuperam de contusões, também devem se juntar ao grupo.

Amistoso

A seleção brasileira de basquete adulto masculino venceu a do México por 101 a 91, em Puebla. O cestinha da partida foi o ala Vanderlei, com 33 pontos. De quinta a sábado, as seleções do Brasil, México (principal e universitária) e Republica Dominicana participam do Torneio Internacional de Toluca.


Copa FCV termina nesta quarta

Joinville - A rodada final da 1ª Copa FCV de Vôlei Feminino está marcada para hoje no Ginásio Abel Schultz, em Joinville. A partir das 18h30min, Joinville/FME e Clube 10 de Maio/Ajov, de Joaçaba, fazem o primeiro jogo da rodada, para na seqüência Furb/FMD e SE Bandeirante/Buettner, de Brusque, reeditarem a decisão do estadual de 2000. A Copa FCV abre a temporada 2001 do vôlei catarinense.
Na rodada de abertura, segunda-feira, o Bandeirante, de Brusque e o Joinville/FME estrearam com vitória. No jogo inaugural, o Bandeirante venceu o Clube 10 de Maio/Ajov, de Joaçaba, por 3 sets a 1. Em seguida, o Joinville fez um jogo bastante equilibrado com a Furb, e conseguiu uma vitória importante também por 3 a 1.


Gustavo Kuerten eleito jogador do mês pela ATP

Florianópolis - Fora do Torneio de Wimbledon, Gustavo Kuerten sofre o risco de perder a liderança do ranking mundial, caso Andre Agassi ou Marat Safin avancem na competição. Mas, nem por isso, Guga deixa de ser lembrado. A Associação dos Tenistas Profissionais (ATP) nomeou o brasileiro, como o jogador do mês de junho, pelo tricampeonato de Roland Garros.
Guga acentua a importância de sua recente conquista em Paris e promete muito mais ainda para este ano. "Ainda estou curtindo o tricampeonato de Roland Garros, principalmente agora com este prêmio da ATP", afirmou o brasileiro.
Guga só voltará jogar no circuito dentro de duas semanas no ATP de Stuttgart, Alemanha, em quadras de saibro. Depois, ele segue para o circuito norte-americano de quadras rápidas, jogando em Los Angeles, Montreal, Cincinnati, Indianápolis e US Open, em Nova York.
O tenista número um do mundo ganhou o prêmio da Associação dos Tenistas Profissionais por ter sido o jogador que mais pontos ganhou na Corrida dos Campeões, no último mês. Com a conquista em Paris, Guga ganhou 200 pontos na classificação.
Nos meses de fevereiro, quando conquistou os ATP Tours de Buenos Aires e Acapulco e nos meses de abril, quando foi campeão do Masters Series de Montecarlo e em maio, vice do Masters Series de Roma, Guga esteve bem próximo de ganhar o título, mas foi superado por tenistas como Juan Carlos Ferrero.
Em seu comunicado à imprensa, a ATP enaltece a terceira conquista de Guga em Roland Garros, lembrando a dramática vitória sobre Michael Russell, nas oitavas-de-final e fazendo questão de mencionar que foi o quarto título de Guga na temporada e o 14º de sua carreira, que o fizeram assumir a liderança da Corrida dos Campeões, pelo menos até a semana que vem.


Definidas as semifinais do feminino em Wimbledon

Chiquinho Leite Moreira
Agência Estado

Londres - Em busca de seu terceiro título de um Grand Slam no ano, depois de ter vencido o Aberto da Austrália e Roland Garros, a norte-americana Jennifer Capriati já se colocou entre as quatro melhores do Torneio de Wimbledon. Nesta terça-feira, ela derrotou Serena Williams por 2 sets a 1, parciais de 6/7 (7/4), 7/5 e 6/3. Sua mais forte rival na briga pelo troféu do All England Club, em Londres, a também norte-americana Lindsay Davenport, não deixou dúvidas de sua excelente forma e passou fácil pela belga Kim Clijsters por 6/1 e 6/2.
A rodada desta terça-feira definiu todas as semifinalistas do feminino. Capriati mostrou que pode chegar a mais um troféu importante na temporada, numa carreira marcada pela sua incrível recuperação. Ela já ganhou os torneios da Austrália e de Roland Garros.
Sua adversária, Serena Williams, inconformada com mais uma derrota para a rival (a quarta em cinco jogos), culpou um problema no estômago pelo resultado. Aborrecida e sempre olhando para baixo, Serena disse que não deveria ter entrado na quadra. "No jogo contra a Magdalena (Maleeva) já não deveria ter jogado mas acabei arriscando tudo, com aces e winners (bolas vencedoras) e venci", contou. "Agora, também poderia ter ganho da Jennifer, apesar de não estar bem de saúde."
Sem precisar de desculpas, Lindsay Davenport, depois de quatro meses em recuperação física, coloca-se como uma das mais fortes candidatas ao título. Depois de vencer Kim Clijsters, vai desafiar a atual campeã do torneio, na quinta-feira, Venus Williams, em jogo que repete a final de 2000.
A outra semifinal terá Jennife Capriati diante da surpresa belga Justine Henin, que eliminou Conchita Martinez por 6/1 e 6/0.

Masculino

Para quem gosta de um bom tênis, a rodada desta quarta-feira reserva muitas emoções, na definição dos semifinalistas do torneio masculino. O britânico Tim Henman foi o último a garantir classificação para as quartas-de-final, depois de vencer Todd Martin, em partida que havia sido suspensa no dia anterior, por 3 sets a 2, parciais de 6/7 (7/3), 7/6 (7/5), 4/6, 6/3 e 6/2.
Como preferido da torcida, o inglês Henman desafia nesta quarta-feira o suíço Roger Federer, que colocou um fim na era Pete Sampras em Wimbledon. O duelo mais esperado, porém, terá o russo Marat Safin diante do croata Goran Ivanisevic. Na parte de baixo da chave, o sueco Thomas Enqvist joga com o australiano Patrick Rafter e Andre Agassi enfrenta o francês Nicolas Escude.


Voleibol feminino evita comparações com masculino

Seleção vai disputar o Torneio Classificatório, em busca de uma vaga para Mundial da Alemanha

São Paulo - Com a responsabilidade redobrada, a seleção brasileira feminina de vôlei embarca nesta quarta-feira para Santa Fé, na Argentina, onde disputará o Torneio Classificatório para o Mundial da Alemanha de 2002. Além de estar à sombra da conquista masculina na Liga Mundial, o técnico Marco Aurélio Motta vai estrear oficialmente no comando do time, que desde 1993, com Bernardinho, conquistou oito títulos, cinco vice-campeonatos, seis medalhas de bronze e três quarto lugares.
O primeiro desafio do Brasil será sexta-feira, contra o Peru. No sábado, o time enfrenta a Argentina e domingo, joga com a Venezuela.
"Nossa realidade é diferente. Estamos em processo de renovação e o grau de motivação deles, em função dos resultados anteriores, era muito maior", avisou Marco Aurélio, que não contará com Virna e Fofão nos jogos na Argentina.
Do time titular da última competição, a Olimpíada de Sydney, em 2000, quando o Brasil foi bronze, tem apenas a ponteira Érika e a central Janina. "Independente do resultado do masculino, o desafio continua o mesmo, manter o Brasil entre os três primeiros do mundo", disse o técnico.
Esse ano, a seleção feminina disputou apenas quatro amistosos contra a Argentina e ganhou dois. "Hoje estamos com 60% do nosso pontencial. Devemos chegar no Grand Prix (agosto) com 80% e na Copa dos Campeões (novembro), com 100%", prometeu Marco Aurélio.
Ele explica que o maior problema é o entrosamento entre a levantadora titular dos amistosos, Fabiana Berto, e as atacantes. Após uma semana de fortes treinamentos, o técnico Marco Aurélio Motta definiu as 12 jogadoras que disputarão o torneio: Elisângela, Janina, Ricarda, Fernanda Doval, Walewska, Kely, Marcelle, Raquel, Fabiana Berto, Patrícia Cocco, Érika e Karin Rodrigues.

Atacante Nalbert aproveita a folga nas praias do Rio

Rio - Depois de conquistar o título da Liga Mundial de Vôlei Masculino de 2001, o atacante e capitão da seleção Nalbert só pensa em descansar e aproveitar as praias do Rio. Até a próxima semana, quando a equipe do Brasil se reapresenta ao técnico Bernardinho, o jogador fica na cidade se preparando para as próximas competições da temporada.
Em um encontro casual com a nova dupla de vôlei de praia Leila e Sandra, nesta terça-feira, na praia do Leblon, Nalbert revelou o desejo de também atuar nesta modalidade esportiva. "Esse deve ser meu caminho no futuro, mas tá muito cedo. Quero ganhar ainda muitas medalhas na quadra igual a ela (Leila)", avisou o jogador.
Nalbert lembrou que os momentos mais difícies da conquista da Liga Mundial foram os confrontos contra a Polônia, por causa da torcida (que ele elegeu a segunda melhor do mundo em motivação, perdendo somente para a brasileira), e a Rússia, na semifinal. Segundo o jogador, a experiência de altetas como o atacante Giovane e o levantador Maurício foram fundamentais nessas horas.
Nalbert disse estar gostando, mas não se ilude com o sucesso repentino da seleção junto aos torcedores. Para o capitão da equipe brasileira, este sucesso pode ser explicado pelo atual momento da seleção masculina de futebol. "Acho que essa empolgação é um contraste com o futebol. O pessoal se apega a essas vitórias", considerou o jogador, revelando-se otimista quanto à classificação do País para a Copa do Mundo de 2002 e um fã do técnico Luiz Felipe Scolari.


Morte - O boxeador Beethavean Scottland morreu na segunda-feira, seis dias depois de ter sido nocauteado por George Jalid Jones. Na luta, disputada no dia 26 de junho em Nova York, Scottland foi nocauteado no 10º assalto. Ficou desacordado por alguns minutos, antes de ser transportado para um hospital. Scottland substituiu David Telesco, que não pôde participar do combate por ter fraturado o nariz nos treinamentos.

 
Copyright © 2000 A Notícia - Fone: 055-0xx47 431 9000 - Fax: 055-0xx47 431 9100 - Rua Caçador, 112 - CEP 89203-610 - C. Postal: 2 - 89201-972 - Joinville - SC - BRASIL - EXPEDIENTE
 
Por: Torque Comunicação e Internet