Joinville         -          Sexta-feira, 17 de Maio de 2002         -          Santa Catarina - Brasil
 
 

ANotícia  

P  
O  
L  
Í  
C  
I  
A  










Presa metade
de quadrilha que
assaltou frigorífico

Oito homens roubaram cerca de R$ 37 mil em Rio do Sul

Orlando Pereira
Especial para A Notícia

Quatro dos oito integrantes da quadrilha acusada de roubar a matriz do Frigorífico Riosulense, em Rio do Sul, no dia 5 deste mês, já estão presos. A juíza Cinthia Beatriz Bittencourt decretou a preventiva de mais dois e outros dois ainda não foram identificados. O trabalho de investigação envolveu todas as equipes de plantão e contou com a colaboração de policiais de Porto Alegre, Araranguá, Criciúma e São José, onde foram presos Leomar de Freitas, 29 anos, Edson Rigoni dos Santos, 31, Francioni Rock, 22, e Carlos Alexandre Martins, 26. Estão foragidos Abel Madalena e Robson Moreira, que teria sido o mentor do roubo. Os outros dois são conhecidos apenas por apelidos, que a polícia não divulgou.
O delegado Luiz Carlos Gonçalves disse que dois dias após o roubo recebeu um telefonema de Porto Alegre, com o policial indagando se havia ocorrido algum roubo. É que ele tinha uma pessoa suspeita, que estava esbanjando dinheiro num dos bairros. Depois de localizar Leomar, a sua foto foi enviada para Rio do Sul, sendo reconhecido pelo vigia. Uma equipe deslocou-se à Capital gaúcha, de posse da decretação da preventiva. O acusado não revelou os nomes de seus companheiros, alegando que todos tinham apelidos.
Depois os policiais foram a Criciúma, onde prenderam Francioni e Edson, que inclusive estava com identidade falsa. O quarto homem foi preso pela polícia de Araranguá depois de praticar um assalto naquela cidade. Carlos, posteriormente será transferido para Rio do Sul. Depois de passarem três dias em São José, foi possível identificar Robson e Abel, que estão foragidos. O delegado não conseguiu chegar aos nomes dos outros dois homens acusados do roubo. Um deles inclusive era o motorista do Ford Ka utilizado na fuga.
Gonçalves revelou que o modo de agir da quadrilha foi o mesmo de outros roubos ocorridos num frigorífico em São José e em outros estabelecimentos. Eles cortam os fios do alarme e os cabos telefônicos e desligam as câmeras de vídeo para que ninguém possa identificá-los.
Antes de entrar no frigorífico, em Rio do Sul, por volta das 3 horas do dia 5, dois homens renderam o vigia e dois funcionários. Eles ficaram confinados no vestiário da empresa. Enquanto isso o resto da quadrilha entrou, chegando na sala da tesouraria, onde o cofre foi arrombado. Os R$ 37 mil que foram roubados acabaram divididos entre oito pessoas. Apesar da prisão de quatro delas, a polícia ainda não conseguiu recuperar nenhuma parte do dinheiro.


Colisão na BR-101
mata empresário de Tubarão

Picape Corsa bateu de frente com caminhão Scania, matando o motorista

Sangão/Rio Negrinho/Itajaí - Uma colisão frontal no km 361 da BR-101, em Sangão, no Sul do Estado, às 21h50 de quarta-feira, matou o empresário Vantenor Luiz Manoel Santana, 50 anos. Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), a picape Corsa MBR-4316 (Tubarão), dirigida por Vantenor, bateu de frente no Scania LYU-0067 (Sangão). A PRF não soube informar o nome do motorista da Scania. Vantenor retornava de Criciúma para Tubarão, onde foi fazer uma entrega de material esportivo. A chuva e a pouca visibilidade na rodovia foram as principais causas do acidente. O empresário era proprietário na loja de material esportivo Thael Esportes, de Tubarão.
Em Rio Negrinho, colisão de moto em caminhão, por volta das 19h40 de quarta-feira, matou o entregador de gás Alceu Pereira, 27 anos. Ele estava na moto Honda MBR-5291 (Rio Negrinho), carregada com dois botijões de gás e na BR-280, nas proximidades da entrada do bairro Vila Nova, foi surpreendido por um veículo não identificado que cruzou sua frente. Ao tentar desviar, entrou na pista contrária e colidiu com o caminhão Scania MAJ-4786 (Rio Negrinho), conduzido por Jadson Pires de Lima, 23 anos. Com o impacto, o entregador teve fraturas por todo o corpo e traumatismo craniano. Levado ainda com vida pelo Corpo de Bombeiros para a Fundação Hospitalar de Rio Negrinho, não resistiu.
Duas crianças, de quatro e 11 anos, foram atropeladas ontem, por volta das 12hs30, no bairro São Vicente, em Itajaí, no Litoral Norte. O motorista pegou as vítimas, as colocou no carro e em seguida as abandonou feridas no bairro São Judas Tadeu, em frente a escola Francisco de Paula Seara. A Polícia Civil de Itajaí procura identificar o motorista. As vítimas estavam com ferimentos na cabeça, rosto e no tórax e foram levadas ao Hospital Infantil Universitário.


Caminhonete de
A Notícia é perseguida

Joinville - Uma caminhonete do jornal A Notícia, placa IZQ-7984 (Joinville), que faz a entrega para bancas e assinantes do Norte do Estado, foi perseguida na madrugada de quarta-feira pelo Vectra, cor verde, placa MBT-6292 (Itajaí). O motorista do jornal, Márcio Hoepers, desconfiou de algo quando deixava o pátio da empresa, já que o automóvel estava nas proximidades.
Rumando em direção a Jaraguá do Sul, o veículo de AN continuou sendo seguido. A perseguição só terminou no Posto Guaramirim, na BR-280, às 3h30 da madrugada, quando o motorista acionou a Polícia Rodoviária Federal. O motorista do Vectra, Rafael da Cunha Torres, e o passageiro Fernando José Giusti, foram abordados pelos policiais e levados ao posto da PRF onde foi registrada a ocorrência. A dupla confirmou que seguia o veículo de AN "a serviço" e que estaria fazendo um levantamento da entrega de jornais para um outro grupo de comunicação.


Ladrões roubam
motorista ao parar na pista

São João do Oeste/São Bento do Sul - Três homens fortemente armados assaltaram, ontem pela manhã, o empresário Ademir Griebler, residente no município de Iporã do Oeste, no Extremo-oeste do estado. O assalto ocorreu na SC-472, na localidade de Beato Roque, interior de São João do Oeste, quando a vítima parou seu carro, na beira da rodovia, para urinar. Os assaltantes levaram R$ 14 mil em dinheiro que estava no porta-luvas do carro e depois fugiram em um Gol branco.
Segundo a vítima contou à polícia, os assaltantes surgiram de repente e colocaram revólveres em sua cabeça. Griebler estava com mais R$ 2 mil em dinheiro e R$ 6.300,00 em cheques. Os valores eram resultado de cobranças que ele havia feito durante a manhã. A policia não tem pistas dos assaltantes.
Em São Bento do Sul, no Planalto Norte, dois postos de gasolina foram assaltados pela mesma quadrilha, na madrugada de ontem.
Por volta das 2h30, quatro homens armados renderam o vigia do Auto Posto Heil, na avenida São Bento, no centro. O segurança Ildo da Silva Porto, 48, ficou amarrado e amordaçado no banheiro. Os bandidos levaram R$ 300,00 do caixa e duas espingardas, uma 28 e outra calibre 12.
Meia hora depois, os ladrões estavam no Auto Posto Potencial, no bairro Mato Preto. Os métodos utilizados pelos ladrões foram os mesmos. Amarraram o vigia Osvaldo Strell no banheiro do estabelecimento e levaram R$ 400,00 do caixa. O bando fugiu e a polícia ainda não tem pistas.


Acusado de assassinar
a namorada se entrega

Tubarão - Fabiano da Silva Domingos, 25 anos, o "Tequila", acompanhado de seu advogado, se entregou, ontem à tarde, na 2ª DP de Tubarão, no Sul do Estado. Ele é acusado de ter assassinado a ex-namorada Elizângela Maximiano França, 26, na madrugada de sábado. Segundo informações do delegado André Luiz da Silveira, Fabiano disse que irá falar somento em juízo.
O advogado de "Tequila" entrou em contato telefônico com o delegado Silveira e foi marcado um local para o seu cliente se entregar, o que aconteceu logo em seguida. "Tequila" ficou detido na cela da delegacia e em seguida foi transferido para o presídio de Tubarão. Ainda continua foragido Edérson da Luz, o "Gauchinho", foragido da Penitenciária de Florianópolis e que estava com o acusado no momento do crime.
Segundo informação da testemunha C.M.F., irmã da vítima, Fabiano teria invadido a residência de Elizângela, em Tubarão, acompanhado de "Gauchinho". Armado com um revólver calibre 38, C. afirmou que Fabiano tentou atirar nas duas. Nesse momento, tentou se defender da arma com um golpe e derrubou o revólver no chão. Ainda de acordo com a testemunha, "Gauchinho" pegou a arma no chão e entregou novamente ao companheiro. De imediato, "Tequila" disparou contra Elizângela. A bala se alojou no pescoço da vítima. C. conseguiu escapar.
Elizângela já temia alguma reação do ex-namorado. Segundo um policial militar, quinta-feira passada, a mesma garota ligou para o 190, pedindo auxílio. Ela informou que Fabiano havia lhe procurado na carona de um mototáxi e a ameaçou de morte. A PM fez ronda no mesmo dia, mas não encontrou o rapaz. O caso está sendo investigado pelo delegado da 2ª DP, André Luiz da Silveira. Até o momento, a polícia não tem pistas de "Gauchinho".

Manchetes AN
Das últimas edições de Polícia
16/05 - Mistério sobre morte de fotógrafo
15/05 - Homem mata ex-mulher e suicida-se
14/05 - Morte de travesti tem duas versões
13/05 - Homicídios em Araranguá e Tubarão
12/05 - Por falta de prova crime continua impune
11/05 - PM encontra 400 petecas de maconha em presídio
10/05 - Assalto termina com a prisão de suspeitos

Leia também

Maníaco está
de novo em Joiville

Joinville - Marlon Duarte, o "Maníaco da Bicicleta", que permaneceu 21 dias no presídio de Mafra, no Planalto Norte, foi transferido para Joinville. Ele está sozinho numa cela, desde sexta-feira da semana passada. Jozoel Pereira, acusado de latrocínio e homicídio e de fazer ameaças a moradores e até mesmo a policiais do distrito de Pirabeiraba, também foi transferido da penitenciária de Florianópolis para Joinville.
Segundo o chefe de segurança do presídio, cabo João Júnior, Marlon está só na cela para evitar "complicações". Desde que ele chegou ao presídio, está muito tranqüilo e não esboçou qualquer reação. Enquanto esteve em Mafra, segundo o administrador do presídio daquela cidade, Luiz Laerdes, o "Maníaco da Bicicleta" chegou a simular uma convulsão, sendo encaminhado ao hospital. "Mas foi apenas uma farsa", conta o administrador.
Marlon foi recolhido ao presídio de Mafra no dia 19 de abril, depois de confessar seis estupros na Divisão de Investigação Criminal (DIC), em Joinville.


Juiz pede afastamento
de encarregado de cadeia

Laguna - O juiz da Vara Criminal da Comarca de Laguna, Renato Müller Bratti, corregedor da cadeia pública da cidade, pediu o afastamento do encarregado da prisão, José Paulo Duarte. O mesmo ofício Renato encaminhou para a Secretaria de Segurança Pública, para a Corregedoria da Polícia Civil, delegacia regional e para a Diretoria de Ação Penal (DIAP), setor da Secretaria de Justiça e Cidadania.
O juiz alegou no ofício que estranhou a fuga do detento Gilmar Ribeiro, o "Índio", ocorrida na segunda-feira. "Índio", acusado de tráfico de drogas, teria sido transferido, há cerca de 20 dias, de Criciúma para Laguna. Um fato semelhante, também intrigou o corrregedor. Eder Ferreira Barbosa, um dos cinco detentos que fugiu através de uma buraco, dia 1º deste mês da cadeia, também teria sido transferido de Criciúma para Laguna. "Não fui comunicado de nenhuma das duas transferências".
O diretor da Diap, major Sérgio de Oliveira, disse ontem, não ter conhecimento da transferência de Eder. "Vou checar isso. Alguma atitude terá que ser tomada", argumenta. Renato estranhou a forma da fuga de "Índio". Ele fugiu numa tarde, quando o encarregado o levou para uma clínica, onde iria fazer uma tomografia. Na hora de desembarcar do veículo o detento saiu correndo e embarcou em um Golf preto que estava à sua espera.
"Achei tudo muito estranho. O encarregado não estava de plantão no dia e foi levar o detento sem a ajuda de outra pessoa. Também tive informações que esta clínica não realiza tomografias", questiona o juiz. Há três anos, José Paulo Duarte foi afastado da cadeia em virtude da fuga de um detento. Ele retornou ao cargo algum tempo depois.
O encarregado foi procurado durante toda a tarde de ontem, mas não foi encontrado. Um inquérito policial foi instaurado para apurar a fuga de "Índio". Os cinco detentos que fugiram em 1º de maio continuam desaparecidos.


Livre

Elmir Rinaldi, 51, foi libertado da prisão ontem, em São Miguel do Oeste, depois que o advogado Odilo Lermen impetrou pedido de liberdade provisória. Ele estava detido desde 28 de abril, depois de atingir o motociclista Adail Castagna, 52 anos, quando dirigia embriagado sua caminhonete F-350. A vítima teve morte instantânea. Rinaldi deverá ir a júri popular, acusado de homicídio doloso qualificado. Além de dirigir embriagado, o motorista fugiu sem prestar socorro à vítima.


 
Copyright © 2000 A Notícia - Fone: 055-0xx47 431 9000 - Fax: 055-0xx47 431 9100 - Rua Caçador, 112 - CEP 89203-610 - C. Postal: 2 - 89201-972 - Joinville - SC - BRASIL - EXPEDIENTE
 
Por: Torque Comunicação e Internet