Joinville         -         Segunda-feira, 18 de Agosto de 2003        -          Santa Catarina - Brasil
 
 

ANotícia  

P  
O  
L  
Í  
C  
I  
A  










Quatro da
mesma família
morrem em acidente

Uno bateu de frente com um Clio em rodovia estadual de Fraiburgo. Uma vítima foi hospitalizada em estado grave

Fraiburgo - Quatro pessoas da mesma família morreram em acidente na SC-453 no município de Fraiburgo, Meio-oeste catarinense, na noite de sábado. Outras três ficaram feridas, uma delas em estado grave. Eufrásia Busanello Mezzaroba, 84 anos; Vaine Campagnaro Mezzaroba, 42; Débora Mezzaroba, 14; e o condutor Pedro Adair Mezzaroba, 42, estavam em um Fiat Uno placas LXX-5414 (Videira), trafegando no sentido Fraiburgo-Videira e morreram na hora.
Além deles, estava no veículo Marina Mezzaroba, 10 anos, que sobreviveu com ferimentos. O veículo em que estavam as vítimas fazia uma ultrapassagem na F-1000 placas IAT-9926 (Treze Tílias), conduzida por Roberto Carlos Pasini, 32 anos, quando se chocou com um Renault Clio numa curva do km 38, na localidade de 10 de Novembro. No local, a ultrapassagem é proibida. O Clio placas MBI-6266 (Videira), dirigido por Francisco José de Borba, 26, trafegava no sentido contrário ao do Uno da família Mezzaroba.
O choque frontal fez com que o carro fosse lançado para fora da pista, enquanto o Uno virou e acabou batendo em árvores. A caroneira do Clio, Josiane Michelin, 26, foi levada para a Unidade de Terapia Intensiva(UTI) do hospital Nossa Senhora dos Prazeres, em Lages. Seu estado, às 18 horas de ontem, era gravíssimo. Ela sofreu traumatismo craniano e foi levada para o hospital em coma, segundo policiais que atenderam a ocorrência.
Os condutores da F-1000 e do Clio tiveram ferimentos nas pernas, mas estão fora de perigo. O acidente aconteceu por volta das 19 horas. As condições de dirigibilidade, segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE) do posto de Lebon Régis, eram normais. As vítimas foram sepultadas no final da tarde de ontem, no cemitério da comunidade de Sede Etelvina, no interior de Videira. Quando ocorreu o acidente, eles estavam a caminho de uma confraternização de família.
Segundo a PRE, não é possível precisar a velocidade do veículo no momento do choque. O local onde o acidente ocorreu é o final de uma descida de aproximadamente 800 metros, em curva fechada. Segundo populares, o Uno teria forçado uma ultrapassagem ao contornar a curva, indo de encontro ao Clio.


Criança morta na calçada

Itajaí/Araranguá - Uma criança de oito anos morreu na noite de ontem, ao ser atingida por um Chevette que estava sendo rebocado. De acordo com a polícia, o menino estava jogando pingue-pongue em frente à sua residência, no bairro Cordeiros, em Itajaí. O veículo desgovernado subiu na calçada atingindo a criança que estava na fila para jogar.
No quilômetro 420 da BR-101, em Araranguá, um adolescente de 17 anos que conduzia uma motocicleta tentou atravessar a pista ontem, por volta das 16 horas, e acabou atingido por um Gol de Porto Alegre. M. foi internado em Criciúma.


Fim de semana
com 10 vítimas

Joinville - O fim de semana foi novamente trágico no trânsito de Santa Catarina. Entre os registros nas estradas federais, rodovias estaduais e nas ruas das cidades, pelo menos dez pessoas morreram de sábado até o começo da noite de ontem.
Em Joinville, um acidente envolvendo a motocicleta AJP-8486 e o Pálio LZG-1288 (os dois veículos de Joinville) resultou na morte do motociclista Carlos Alberto Ferreira, 25 anos. A colisão ocorreu na rua Max Colin, em Joinville, por volta das 4 horas de ontem. A vítima, que era garçom, estava retornando para casa, depois do trabalho.
Em Itajaí, duas pessoas morreram após a colisão do carro em que se encontravam contra um caminhão tanque do Corpo de Bombeiros, no bairro Cordeiros, na madrugada de ontem. A caminhonete Saveiro placas MBK-8497 (Piçarras) ficou destruída. Hélio Antonio Vieira, 36 anos, e uma mulher sem identificação, que teve a cabeça arrancada, morreram na hora. O pedreiro Ediberto Marques Linhares, 38 anos, que conduzia a caminhonete, sofreu ferimentos leves.
De acordo com testemunhas, o autotanque conduzido pelo soldado Carlos Alcides Cunha, 29 anos, estaria trafegando pela contramão. O sargento João Passos dos Santos informou que 80% do caminhão já havia entrado na rua Gercino José Correia, a poucos metros do quartel dos bombeiros, quando aconteceu a colisão. Segundo a Polícia Militar, o acidente ocorreu no instante em que a viatura seguia para o atendimento de uma ocorrência.
Também no Norte Estado, às 10 horas de sábado, um pedestre foi atropelado por um automóvel nas proximidades do quilômetro 17,7 da BR 101, em Garuva. Antônio Benedito da Silva, de 65 anos, residente em Garuva, morreu na hora ao ser atingido pelo Gol placas AGX-5775, de Curitiba, dirigido por Ezequias Alves dos Santos, de 45 anos.
Em Blumenau, Marina Silveira, de 26 anos, que viajava de carona no Corsa LYB-8728 (Blumenau) morreu depois que o carro bateu em um poste. O acidente ocorreu na SC 474.


Queda

O aposentado Luiz Henrique Feller, 64 anos, foi encontrado morto em sua casa, no centro de Barra Velha, no Norte do Estado, por volta das 10h30 de ontem. Um irmão chegou para visitá-lo e o encontrou caído, do lado de fora da residência. Segundo o Corpo de Bombeiros Voluntários de Barra Velha, havia indícios de que o homem tenha sofrido uma queda da janela do terceiro andar, onde ele estaria rebocando a parede. Luiz Henrique morava sozinho. A polícia deverá abrir um inquérito para esclarecer, buscando ouvir pessoas e periciando o local, além de aguardar o laudo do corpo, para esclarecer o caso.

.................................................................

Foragido
localizado
no Oeste

São Miguel do Oeste - Uma operação conjunta das polícias Militar e Civil de São Miguel do Oeste recapturou no final de semana Alexandro Janovitz, 19 anos, o "Piti Preto", que em junho deste ano fugiu quando estava em tratamento no Hospital Cristo Redentor. Ele era detento da cadeia pública de São José do Cedro, onde aguardava julgamento por roubos e ameaças. Janovitz foi preso no conjunto de favelas Serra Pelada, embaixo da cama em um casebre, no bairro Sagrado Coração de Jesus.
Foram utilizados 27 policiais e dez viaturas e o foragido não ofereceu resistência. A prisão foi resultado de uma denúncia anônima. Na terça-feira da semana passada, Janovitz, através de fotos, foi reconhecido por um aposentado de 61 anos, assaltado quando estava em sua residência, à noite. A vítima entrou em luta corporal com o invasor e foi alvo de dois tiros, que não o acertaram. Ele está na cadeia pública de São Miguel do Oeste.

Manchetes AN
Das últimas edições de Polícia
17/08 - Assassinato envolto em mistério
16/08 - PF acha 268 kg de cocaína no Paraná
15/08 - Disparo acidental mata adolescente
14/08 - Três casos de extorsão em SC
13/08 - Modelo de SC procurada por tráfico internacional
12/08 - Três mortes em tragédia familiar
11/08 - Quatro pessoas baleadas durante assalto a posto
10/08 - Bombeiro: a rotina de salvar vidas

Leia também

Gangue de seqüestradores desmantelada em São Paulo

São Paulo - A Polícia Militar e a Divisão Anti-Seqüestro (DAS) da Polícia Civil prenderam sábado oito bandidos, mataram outro e libertaram quatro vítimas de seqüestros que eram mantidas em cativeiros diferentes pelo mesmo grupo.
A prisão da quadrilha teve início na noite de sexta, com o seqüestro da universitária A.C.C.O., de 34 anos, rendida por volta das 20h30, na Avenida Giovanni Gronchi, zona sul. Os bandidos fizeram contato com o marido da vítima em seguida, exigindo R$ 10 mil.
Pelo modo de agir e pela região dos contatos - favelas de Paraisópolis -, a DAS desconfiou que o bando era o mesmo que mantinha em cativeiro, desde o dia 13, H.J.C., de 35 anos, superintendente de um shopping center. Ele também tinha sido seqüestrado na Giovanni Gronchi. A polícia tinha fotos feitas em um caixa eletrônico, de duas mulheres que sacaram dinheiro da conta dele.
Enquanto a irmã da universitária era levada por policiais militares à DAS, um dos bandidos fez contato, via celular. Instruída pela PM, ela disse que estava com o dinheiro e marcou o local do pagamento, um terreno na região de Paraisópolis. Lá, a PM prendeu Joana Angélica Fernandes, de 23 anos. A universitária foi libertada.
Na sede da DAS, Joana entregou os líderes da quadrilha, os irmãos Alexandre e Fabiano dos Anjos Silva, de 24 e 18 anos, respectivamente, e ainda identificou pelas fotos as mulheres que sacaram dinheiro no caixa eletrônico como Priscila e Daniela, uma advogada. Os irmãos foram presos pela DAS, às 5h30 de sábado,.
Joana também forneceu o local do cativeiro de H.J.C. Quatro bandidos dormiam no local. Dois fugiram. Milton de Paiva Limeira, de 18, atirou nos policiais. Foi morto a tiros de metralhadora. R.G.S., de 12 anos
acabou detido. O bando mantinha ainda a gerente de um banco e uma amiga dela num cativeiro.


Adolescentes
executados
a tiros

São Paulo - Quatro pessoas foram mortas, entre elas três adolescentes, na 29ª chacina registrada somente este ano na região metropolitana de São Paulo. Por volta das 20 horas de sábado, homens armados invadiram um bar localizado em uma viela na altura do número 123 da Avenida dos Sertanistas, no bairro do Sítio São Francisco. Segundo policiais militares, foram baleados D. S., 12 anos; R. A. M. S., 16; C. A. A. C., 14 - que morreram no pronto-socorro do Hospital Geral de São Mateus -, além de Francisco Izídio da Silva, 26, que morreu quando era atendido no Hospital Santa Marcelina. A chacina, que segundo a polícia pode ter sido motivada por um acerto de contas relacionado ao tráfico de drogas, foi registrada no 55º Distrito Policial, do Parque São Rafael. Os autores dos disparos continuam foragidos. No local, a polícia não conseguiu apurar mais informações de possíveis testemunhas oculares.


Corpo
encontrado
em córrego

Joinville - O corpo de um homem não identificado foi encontrado, por volta das 15h30 de ontem, em Joinville. Ele estava dentro de um córrego, no alto de um morro que pertence a uma recreativa, no bairro Itinga. Garotos que subiram a mata para um passeio avistaram o cadáver e voltaram rapidamente para avisar o chacreiro da propriedade.
Ele acionou a Polícia Militar, que enviou uma guarnição até o local. O corpo, que estava em adiantado estado de decomposição, pode ter permanecido no morro há pelo menos uma semana. "Sábado passado teve uma corrida de moto nessa trilha e ninguém viu nada", justifica o caseiro.
O cadáver foi removido para o Instituto Médico Legal (IML) de Joinville, onde aguarda identificação. O IML informou que a necrópsia será realizada hoje e deverá apontar a causa da morte do homem. Ele aparenta ter entre 70 e 75 anos, é baixo, magro, olhos azuis, usava uma dentadura com um dente de ouro, trajava calça azul e uma camisa xadrez.


 
Copyright © 2000 A Notícia - Fone: 055-0xx47 431 9000 - Fax: 055-0xx47 431 9100 - Rua Caçador, 112 - CEP 89203-610 - C. Postal: 2 - 89201-972 - Joinville - SC - BRASIL - EXPEDIENTE
 
Por: Torque Comunicação e Internet