Joinville         -         Segunda-feira, 28 de Julho de 2003        -          Santa Catarina - Brasil
 
 

ANotícia  

P  
O  
L  
Í  
C  
I  
A  










Mineiro preso
por morte de menino

Vítima morreu quando encostou em cerca com extensão elétrica na residência do acusado

Anderson de Jesus
Especial para A Notícia

Forquilhinha - O mineiro Adão Correa, de 45 anos, foi preso ontem, sob a acusação de homicídio doloso. No sábado, Correa colocou uma extensão de energia elétrica em uma cerca de arame na sua residência e quando o estudante Jonatas Novack, de 13 anos, passou pelo local e encostou-se à cerca morreu eletrocutado. O caso deixou a comunidade de Ouro Negro, em Forquilhinha, revoltada e querendo justiça. No local também um gato foi encontrado morto.
Quando retornava para casa na companhia de amigos, Jonatas foi passar pela cerca, quando levou o choque. O Corpo de Bombeiros foi acionado e os socorristas tentaram reanimar a vítima, que foi encaminhada ao Hospital São José de Criciúma, mas já chegou sem vida. A Polícia Militar foi acionada e prendeu o dono da casa, que colocou a extensão de energia elétrica na cerca, e o encaminhou para a 2ª DP de Criciúma.
De acordo com o delegado José Tadeu Vargas, que estava de plantão, Correa foi indiciado por homicídio doloso, porque com a colocação da energia elétrica na cerca de arame assumiu o risco de provocar morte. Segundo o delegado, a alegação do acusado era para que animais não entrassem no pátio de sua residência. "Ele poderia ter provocado a morte de mais pessoas", alega Vargas. Corrêa foi levado para o Presídio Santa Augusta.
Os moradores do bairro Ouro Negro, ontem, durante o velório, não se conformavam com a morte do garoto. A dona de casa e tia da vítima, Ângela Maria Novack de Bona, 39 anos, lembrou que o sobrinho cuidava dos dois irmãos mais novos para que os pais pudessem trabalhar. Ela conta que Jonatas era um bom menino e todos do bairro gostavam dele.
O aposentado Valdemiro Tiscoski foi até o local da tragédia e mostrou como Adão tinha feito a ligação da energia elétrica na cerca. Ele acha que o acusado deve pagar pelo que fez e conta que a tragédia só não foi maior porque os dois amigos de Jonatas não chegaram a encostar na cerca. Os pais do garoto estavam abalados e inconformados e não conseguiam falar sobre a morte do filho.


Agricultor encontrado
morto dentro de vala

Taió/Itajaí/Chapecó - O agricultor Edecir de Andrade, 41 anos, foi encontrado morto, às 21h15 de sábado, dentro de uma vala na estrada geral que vai para a localidade de Barra do Lobo, em Taió, no Alto Vale do Itajaí. De acordo com o Centro de Operações da Polícia Militar (Copom), as causas da morte são desconhecidas. Ao lado do corpo da vítima foi encontrada a sua bicicleta.
Andrade também não apresentava sinais de embriaguez. Como não portava documentos, ele foi reconhecido pelo cunhado que passava pelo local. A morte deu-se por fratura da coluna cervical.
Em Itajaí, no Litoral Norte, o Corpo de Bombeiros resgatou, na manhã de sábado, o cadáver do ajudante de serviços gerais Rafael Chaves, 20 anos. O corpo estava às margens do rio Itajaí-açu, na avenida Ministro Victor Konder, no bairro Fazenda. Segundo a Polícia Civil, o jovem sofria de epilepsia e na última sexta-feira teria saído de sua residência para um passeio e não mais retornou.
Num açude da localidade de linha Água Amarela, no interior de Chapecó, foi encontrado morto, às 2 horas da manhã de ontem, o agricultor Jordão da Silva, de 83 anos. O corpo foi retirado da água pelo Corpo de Bombeiros.


Duas pessoas
executadas em Florianópolis

Florianópolis - Foi assassinado com cinco tiros no tórax, na tarde de domingo, Jerônimo Luís Borges, 42 anos, conhecido como "Nego". Ele é dono de uma extensa lista de condenações que incluem tráfico de drogas, homicídio, formação de quadrilha, receptação de mercadorias roubadas, porte de arma, lesões corporais e estelionato. Até o início da noite, nenhum suspeito pelo assassinato havia sido preso. A polícia não descarta a possibilidade de ter sido um acerto de contas ligado ao tráfico ou queima de arquivo. Na região, ninguém fala sobre o assunto.
Segundo a Polícia Militar, "Nego" tem 12 passagens pela polícia, entre elas uma por homicídio e três por tráfico. Ele estava em liberdade condicional do Presídio de Florianópolis. O assassinato ocorreu no morro do Mocotó, região da Prainha.
Também na Capital, no sábado, Fernando Costa, 48 anos, foi morto com dois tiros na cabeça. Os agressores são dois homens que invadiram a casa da vítima, na região do Rio Tavares, às 23 horas. A dupla subiu a rua, segundo contaram vizinhos, atirando para todos os lados. Chegaram na casa de Fernando e bateram na porta. Sua irmã atendeu. Os dois perguntaram por seu irmão, que estava no quarto. Neste momento, um dos agressores empurrou a porta, entrou no quarto e atirou três vezes contra Fernando. Dois projéteis acertaram a cabeça da vítima, que morreu na hora. Em seguida eles fugiram.
Também foi registrada uma tentativa de homicídio na Capital. Marcos Vinícius Barbosa, 19 anos, contou à polícia que foi atingido por dois tiros quando caminhava pela estrada geral do bairro Monte Serrat, na madrugada de domingo. Ele não reconheceu o agressor.


Trio armado mata
taxista durante roubo

Itapema - Três homens armados alvejaram no coração o taxista Valmir Antônio da Cunha Pessoa, 34 anos. O latrocínio (roubo seguido de morte) aconteceu às 3h15 de sábado, em Itapema, no Litoral Norte. O taxista dormia no interior do Corsa MBK-2214 (Lages), na companhia da mulher Elisete Lones Silveira, 31 anos, e de Jorge Luiz Camargo, 19 anos. Todos eram procedentes de Lages, no Planalto Serrano, e passavam o final de semana no município. Os criminosos levaram uma carteira com R$ 300,00 em dinheiro. A polícia não tem pista dos assaltantes.
De acordo com informações preliminares, da polícia, Pessoa e Elisete dormiam dentro do táxi e Camargo estava deitado embaixo de uma árvore, próximo ao veículo. Um dos ladrões rendeu Camargo com uma faca e o segundo criminoso, armado com um revólver, dominou o taxista. Um terceiro homem ficou nas imediações.
O ladrão atirou contra o tórax de Pessoa no instante em que ele tentava tirar a carteira do bolso. O trio fugiu com o dinheiro e documentos pessoais da vítima.


"Matador de Araquari"
é preso no interior do PR

Joinville/São Francisco do Sul - O homem que ficou conhecido como o "Matador de Araquari" após assassinar duas pessoas e amedrontar esta cidade, no Norte do Estado, está preso. Eloir Gomes, o "Piá", de 25 anos, foi detido há quatro dias em Laranjeiras do Sul, no Oeste do Paraná, e recambiado no fim de semana para Santa Catarina. Recolhido ao Presídio Regional de Joinville, tem prisão preventiva decretada e deve aguardar julgamento pelas mortes do auxiliar de produção Deonir Frigheto, 21 anos, assassinado com cinco facadas a 200 metros de casa, e do jardineiro Osnildo Silva, 38 anos, morto com um tiro na cabeça dentro do carro que dirigia.
A prisão no Paraná foi feita por policiais civis daquele Estado. Eles o monitoravam com base nas informações da polícia catarinense de que estaria estaria escondido em Laranjeiras do Sul, cidade em que morava antes de se mudar para Araquari. Os crimes ocorreram nos dias 22 e 27 de junho, no bairro Itinga 2 (limite com Joinville), e tiveram como causa rixa entre o criminoso e as vítimas. A morte de Osnildo Silva teria sido conseqüência da de Deonir Frigheto, já que Silva tentou vingar o primeiro assassinato.
O vendedor de caldo de cana Antônio Sebastião Cardoso, 56 anos, foi morto com nove facadas na praia do Ervino, em São Francisco do Sul, no Litoral Norte. Bastante conhecido no balneário, Antônio morreu dentro de casa, nos fundos de onde trabalhava, por volta da primeira hora da madrugada de sábado. O corpo foi encontrado somente pela manhã, na cozinha da residência, situada na rua Sete, próximo ao Bar do Betão.
Segundo familiares do morto, o trabalhador foi vítima de assalto seguido de morte (latrocínio). A família notou a falta de dinheiro e de um aparelho de som na casa, que estava toda revirada, com objetos quebrados e o fio do telefone cortado.


Quatro acidentes fatais
no final de semana em SC

Florianópolis/Chapecó/Ibirama/Itajaí - Final de semana com quatro mortes nas rodovias e no perímetro urbano. O tempo chuvoso provocou mais de 100 acidentes sem vítimas, segundo as polícias rodoviárias Federal e Estadual.
Em Chapecó, no Oeste do Estado, uma pessoa morreu em acidente, às 18h55 de sábado, no km 83 da SC-283, nas proximidades da comunidade Linha São Roque. A moto Honda MAA-5186 (Chapecó), pilotada por Gerson Michelon, 33 anos, bateu na traseira de uma carroça de tração animal, conduzida por Luiz de Oliveira dos Santos, 34 anos. Os dois veículos ainda foram abalroados pelo caminhão Mercedes-Benz MBZ-0872 (Chapecó), conduzido por Vanderlei Alberto Conte, 29 anos. A carona da moto, Solange Pereira, 26 anos, morreu no local do acidente.
Às 22h40 de sábado, no km 529 da BR-282, em Cordilheira Alta, acidente envolvendo três veículos terminou em morte. Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal, o Vectra MAZ 6724 (Cordilheira Alta), conduzido por Renan Bortolanza, 18 anos, colidiu com o caminhão Mercedes-Benz ILB-8711 (Faxinalzinho/RS), conduzido por Gilmar Vitalli, 25 anos. Logo em seguida o Corsa MDY-8410 (Chapecó), dirigido por Elizabete Seferin, 42 anos, também se envolveu no acidente. Bortolanza morreu na hora.
Em Ibirama, no Alto Vale do Itajaí, o estudante Júlio César Moraes Carneiros, 18 anos, morreu quando o Ford Ka LYW-1315 (Rio do Sul), capotou. O acidente foi ontem, às 2 horas, no km 126 da BR-470.
O estudante Tiago André de Souza, 19 anos, morreu e outros quatro jovens ficaram feridos em um acidente na madrugada de ontem, no bairro Cordeiros, em Itajaí, no Litoral Norte. Os jovens retornavam da Festa do Colono, no bairro Itaipava, quando o motorista Tiago perdeu o controle da Caravan BHE-2105 (Itajaí), bateu contra um poste da rede elétrica, capotou e só parou após chocar-se contra o muro da empresa Klabin. O motorista ficou preso às ferragens e em seguida foi levado ao Hospital e Maternidade Marieta Konder Bornhausen, mas não resistiu.

Manchetes AN
Das últimas edições de Polícia
27/07 - Videira busca saída contra crime
26/07 - Descoberto mais um desmanche no Oeste
25/07 - Preso acusado de tentar matar vereador
24/07 - Acusado de matar enteada ameaçado de linchamento
23/07 - Preso acusado de seviciar e matar enteada
22/07 - Blasi abre sindicância para apurar denúncia em presídio
21/07 - Trânsito faz seis vítimas no final de semana em SC

Leia também

Dupla detida em
ônibus após assaltar posto

São Miguel do Oeste - Dois assaltantes foragidos da penitenciária de Erechim (RS) foram presos ontem, no município de Maravilha, no Extremo-oeste do Estado, depois que embarcaram em um ônibus que se dirigia a Chapecó. Gleison Luiz de Lima, 31 anos, e Diogo Rodrigo da Silva, 22, armados de revólver, assaltaram, às 2h45 de ontem, o Posto Pinheirinho, em São Miguel do Oeste. Renderam o frentista e levaram todo o dinheiro que havia no caixa (a quantia ainda não foi divulgada).
Os dois foragidos estavam no táxi Santana LZK-2997 (Palmitos), e que havia sido roubado em Chapecó, na quinta-feira da semana passada. Só que a placa do veículo era fria e na verdade pertencia a um Fusca, de cor vermelha, cujo paradeiro a polícia ainda vai investigar. A placa verdadeira do táxi furtado é IIV-8858 (Chapecó). O veículo foi encontrado pela polícia, na madrugada de ontem, em uma residência, na Vila Basso, em São Miguel do Oeste. Na casa reside a mulher de um dos assaltantes. Dentro do carro estavam cartões telefônicos e parte do dinheiro roubado no Posto Pinheirinho.
Segundo informações da Polícia Militar, o paradeiro de Gleison e Diogo foi repassado através de uma denúncia anônima. Eles foram recapturados dentro do ônibus quando este deixava o perímetro urbano de Maravilha, com destino a Chapecó. Eles se renderam sem resistência. A dupla levava os dois revólveres calibre 38 usados no assalto ao posto. Os dois foram levados para a cadeia de São Miguel do Oeste.


Caminhão

A Polícia Rodoviária Federal localizou ontem à tarde, no km 57 da BR-101, em Joinville, no estacionamento do posto de combustíveis Maiochi, uma carreta roubada na semana passada entre São Paulo e o Paraná. O caminhão Mercedes-Benz IHT-9397 (Porto Xavier/RS), estava vazio. A polícia de São Francisco do Sul informou que a quadrilha roubou a carga de 25 toneladas de arroz e manteve o caminhoneiro preso por dois dias em Itajaí.

Presídio

Agentes carcerários e policiais militares descobriram, durante operação pente-fino no sábado, escavação numa cela do Presídio Regional de Joinville que serviria como túnel para uma fuga. O buraco de cerca de um metro de profundidade foi feito na galeria B, a mais antiga do presídio, onde fica o vaso sanitário da cela. Na operação, foram apreendidos espetos de metal e outros utensílios.


 
Copyright © 2000 A Notícia - Fone: 055-0xx47 431 9000 - Fax: 055-0xx47 431 9100 - Rua Caçador, 112 - CEP 89203-610 - C. Postal: 2 - 89201-972 - Joinville - SC - BRASIL - EXPEDIENTE
 
Por: Torque Comunicação e Internet