Joinville         -         Terça-feira, 4 de Novembro de 2003        -          Santa Catarina - Brasil
 
 

ANotícia  

P  
O  
L  
Í  
C  
I  
A  










Preso quarteto de
Minas envolvido em assalto

Grupo tentou roubar advogado que chegava no edifício onde morava, em Balneário Camboriú

Rosangela Ricardo
Especial para A Notícia

Balneário Camboriú - Supostos integrantes de uma quadrilha responsável por assaltos foi desmantelada e apresentada pela polícia, nesta segunda-feira, em Balneário Camboriú, no Litoral Norte. Os mineiros Washington França Pereira, 23 anos, Clayton Costa de Souza, 19, Alan Gonçalves Ramos, 22, e Ronaldo Adriano de Andrade foram presos pela Polícia Militar logo após assaltarem o advogado e professor da Univali Ademir Manoel Furtado. Com o grupo a polícia apreendeu dois revólveres e três pistolas. O delegado Jorge Schloesser ainda não tem confirmação se os nomes dos acusados são verdadeiros.
De acordo com a polícia, na noite de sábado, o advogado foi dominado por dois encapuzados quando chegava de carro na garagem do edifício Irati, onde mora, no centro. Avisando que "vamos fazer este prédio todo", os ladrões exigiam que a vítima os levasse para dentro do prédio. Diante da resistência, a vítima foi trancada no interior do porta-malas de seu veículo. Conforme o delegado, a intenção do grupo era roubar o veículo. "Só que eles (os bandidos) se atrapalharam duas vezes. Quando acionaram o controle-remoto do portão e depois ao tentar ligar o carro e não conseguiram", revela o policial. Depois que os ladrões fugiram o advogado arrebentou a fechadura do porta-malas e saiu.
Um policial militar que fazia rondas nas imediações desconfiou do Fiat Marea, com placa de Belo Horizonte (MG) com quatro homens no seu interior e passou a acompanhá-los. Nesse meio tempo recebeu a informação sobre o assalto e acionou as viaturas para prendê-los. Os suspeitos declararam à polícia que chegaram de Curitiba (PR) há cerca de três dias. Washington e Alan afirmam serem amigos, entretanto negam conhecer os outros acusados. De acordo com Schloesser, os depoimentos dos suspeitos são contraditórios.


Assaltantes levam R$ 60 mil

Joinville/São Francisco do Sul - Ladrões levaram quase R$ 60 mil de dois estabelecimentos comerciais de Joinville e São Francisco do Sul. Dois assaltantes roubaram, na tarde de ontem, um malote com R$ 50 mil do posto Piratuba, em Joinville. A dupla fugiu numa moto não identificada, que não tinha sido localizada pela Polícia Militar até o final da tarde.
Em São Francisco do Sul, dois homens encapuzados e armados com um revólver calibre 38 renderam Armando Lima. Com a ajuda de uma moto vermelha roubaram um malote com R$ 4 mil em dinheiro e R$ 2 mil em cheques pertencentes a Lojas Certo, no centro da cidade. Os bandidos também não foram encontrados.


Roubada carga de caminhão

Joinville - Assaltantes renderam o caminhoneiro Ivo Scherer, 70 anos, quando estacionou no posto Sinuelo, na BR-101, em Araquari, no Norte do Estado, na madrugada de ontem. Depois de ser agredido e seqüestrado, a carga de 27 toneladas de caixas de leite longa vida foi roubada. O caminhão foi localizado no mesmo dia no posto Locatelli, mas a carreta com o produto não foi encontrado pelos policiais. O valor da carga não foi divulgado pela polícia.
Viúvo, Scherer viajava para Pinhais, no Paraná. Ao parar no posto foi rendido e amarrado pelos ladrões. Segundo Scherer, ele foi mantido refém durante uma hora. Depois de sofrer agressões, foi deixado num outro posto, de onde avisou a polícia e prestou boletim de ocorrência na delegacia de Araquari. No depoimento, o motorista disse não se lembrar das pessoas que o assaltaram. A polícia ainda não tem pista dos criminosos.


MP denuncia megaquadrilha

Florianópolis - O ministério público estadual denunciou 49 supostos integrantes de uma quadrilha que atuava nas regiões de Itajaí e Joinville responsáveis por, pelo menos, 20 seqüestros. Trinta e três acusados estão presos preventivamente. Os denunciados atraíam as vítimas - empresários ou funcionários de empresas de outros Estados - para Santa Catarina a fim de aplicar o "golpe do chute" (venda de mercadoria inexistente). A quadrilha foi estourada em 9 de setembro, durante a "Operação Cativeiro".
A ação penal foi ajuizada no dia 31 de outubro pelo promotor Jorge Orofino da Luz Fontes, da comarca de Itajaí, com base em inquérito policial contendo mais de 3 mil páginas. Foram denunciados os crimes de formação de quadrilha, extorsão mediante seqüestro, roubo triplamente circunstanciado, porte ilegal de arma e uso de documento falso, que renderam à quadrilha mais de R$ 946 mil.


Esclarecido
assassinato de empresário

Joinville - O assassinato do empresário Daniel Rodrigues dos Santos, 32 anos, de Itapoá, no Norte do Estado, foi esclarecido com a prisão, em Curitiba, no Paraná, na última sexta-feira, de Jandir Carlos Figueiredo, 46 anos. Ele confessou que deu dois tiros na cabeça de Santos e afirmou que receberia dinheiro, um carro e uma casa do empresário Altino Masson (também preso) para tirar a vida do catarinense. O revólver calibre 38, usado na rendição e na execução, foi entregue por Masson.
A vítima foi raptada em Itapoá, em 22 de maio deste ano, quando estava em sua imobiliária com dois clientes e uma funcionária. Os quatro foram rendidos e levados no Gol de Santos até um matagal em Guaratuba, no litoral paranaense. A secretária foi estuprada e o empresário morto com dois tiros na cabeça.
A secretária e outra vítima reconheceram Figueiredo como o autor do estupro e da execução. A vítima era proprietária de uma grande área de terras em Itapoá. Já Masson, segundo o delegado de Guaratuba, José Sudário da Silva, faz grilagem de terra no Paraná, Mato Grosso do Sul e Santa Catarina. Os dois empresários estariam disputando terras em Itapoá.


Pai mata filho a
tiros para se defender

Morro Grande - Um trágico assassinato chocou os moradores da pequena comunidade de Três Barras, no município de Morro Grande, no Extremo-sul do Estado. Às 21 horas de domingo, David Zuchinalli, 78 anos, que se preparava para dormir teve a casa invadida e passou a ser agredido com socos e pontapés. Acuado, ele pegou um revólver calibre 32 e, com dois tiros à queima-roupa, matou o próprio filho, Carlos Fenali Zuchinalli, 38. O agricultor aposentado, que alega legítima defesa, vai se apresentar hoje na delegacia de Turvo, município vizinho, para prestar depoimento. De acordo com as primeiras informações, repassadas pela Polícia Civil, a vítima sofria de distúrbios mentais e em várias oportunidades havia sido internado em clínicas para tratamento psicológico.
No domingo, antes de ir a casa do pai, ele teria usado a medicação junto com bebida alcoólica. Em seguida, descontrolado, foi à casa do aposentado e passou a agredi-lo e a ameaçá-lo de morte. Durante a discussão o aposentado teria tentado acalmar o filho, mas como não conseguiu pegou a arma e efetuou três disparos. Dois deles atingiram o peito da vítima.


Simulação hoje
do acidente em cachoeira

Presidente Getúlio - Somente depois que for concluída a perícia dos equipamentos que estavam sendo utilizados pela estudante universitária Daiana Girolla, 22 anos, que morreu no sábado, quando fazia rapel na cachoeira Tabarelli, em Presidente Getúlio, no Alto Vale do Itajaí, é que o inquérito policial deverá ser instaurado. Hoje será feita a reprodução simulada do acidente para que o delegado Almiro Costa tire algumas dúvidas. A conclusão preliminar é que a empresa Planeta Rafting, que estava ministrando o curso aos acadêmicos da Associação Educacional Leonardo da Vinci (Asselvi), de Indaial, adotava todos os procedimentos exigidos na prática deste tipo de esporte.
O delegado prefere esperar o resultado da perícia para depois instaurar o inquérito. Ele solicitou, ontem, à direção da Asselvi, a relação dos nomes das demais pessoas que faziam rapel. Todos deverão ser ouvidos na qualidade de testemunhas.
O perito criminalista Paulo Ricardo Ignácio fez ontem verificação do cabo e demais equipamentos usados na descida da cachoeira. Ele constatou preliminarmente que a empresa adotou todos os procedimentos profissionais. Havia também a mangueira que faz a proteção da corda, que tem mais de 100 metros de cumprimento. Embora a conclusão não seja definitiva ao que tudo indica o cabo rompeu exatamente porque roçou na pedra. A dúvida é se o esfacelamento teria ocorrido antes da descida de Daiana, que caiu de uma altura de aproximadamente 70 metros.

Manchetes AN
Das últimas edições de Polícia
03/10 - Herança provoca crime em família
02/10 - Quando o perigo está dentro do lar
01/10 - Quadrilha rouba malotes do Besc durante viagem -
31/10 - Adolescente mata tio a facadas para se defender
30/10 - Uno bate em caminhão numa reta e caroneiro morre
29/10 - Adolescente mata o pai a golpes de machado na face
28/10 - Fim de semana com muitos assaltos

Leia também

Ônibus atinge
aluno que ia ao encontro do pai

Rio Negrinho - O menino Alex Van Benk, 6 anos, foi atropelado às 7h20 de ontem, no km 133,5 da BR-280, em Rio Negrinho, no Planalto Norte. A vítima foi atingida por um ônibus de turismo quando ia em direção ao carro de seu pai, que presenciou a cena. A criança teve traumatismo craniano e foi levada com vida para a Fundação Hospitalar de Rio Negrinho e transferida para Curitiba no início da tarde.
Alex foi levado até o ponto de ônibus nas margens da rodovia, onde embarcaria com destino à escola. Assim que entrou no ônibus escolar, seus colegas disseram que ele não teria aulas ontem. Na tentativa de não deixar seu pai ir para casa, a criança desceu do veículo e saiu correndo na direção do carro da família.
No momento em que atravessava a rodovia, o ônibus de turismo MDT-4200 (Modelo), conduzido por Airton Antônio Pilati, 39 anos, atropelou o menino. No interior do veículo estavam outras 22 pessoas. Com o impacto, a criança sofreu traumatismo craniano e, devido a gravidade dos ferimentos, foi transferida para o Hospital Pequeno Príncipe, em Curitiba.


Adolescentes
escapam de subdelegacia

Camboriú - Dois adolescentes infratores escaparam de uma das celas da subdelegacia do bairro Monte Alegre, em Camboriú, no Litoral Norte, na noite de domingo. Dois funcionários da Prefeitura que trabalham no local e faziam a entrega da refeição foram rendidos pelos jovens e trancados dentro de outra cela. Utilizando uma serra, eles quebraram a grade da porta do cubículo, arrombaram a sala do delegado, roubaram duas armas e um rádio HT (que opera na freqüência da polícia). Para fugir pegaram uma motocicleta que havia sido apreendida e se encontrava no pátio da delegacia. Um terceiro adolescente que também estava detido não quis fugir.
O responsável pela subdelegacia, comissário Pedro Bittencourt, informou que os infratores, acusados de assalto, aguardavam transferência para Florianópolis. A polícia suspeita que os adolescentes usaram uma serra para rompr as grades.


Acidente

O choque frontal entre o caminhão MAH-3309 (Maravilha), e o Tempra IDX-6837 (São Miguel do Oeste), conduzido por Alexandre Bonho, 21 anos, matou o borracheiro Deonir Doringon, 49, e deixou mais duas pessoas feridas. O acidente foi às 21 horas de domingo, na BR-282, no trevo de acesso a São Miguel do Oeste. Bonho teve ferimentos graves. O motorista do caminhão, Valmor Andreollo, 28 anos, saiu ileso.

Acidente 2

Atropelamento, na noite de domingo, no km 76 da BR-101, em Araquari, no Litoral Norte, tirou a vida de José Luiz Maiochi, 47 anos. Ele foi atingido pelo Clio MCR-4501 (Joinville), conduzido por Luiz Otávio Nascimento da Silva, 25 anos, que sofreu apenas escoriações. Maiochi, que morreu no local, foi levado para o Instituto Médico Legal de Joinville e mais tarde identificado por parentes.

Fuga

As polícias Civil e Militar esperam encontrar hoje o preso que fugiu pelo portão principal do Presídio Regional de Concórdia, no sábado, ao meio-dia. Itacir Adão de Araújo, 38 anos, cumpria pena de 2,5 anos por atentado ao violento ao pudor, era considerado um detento de comportamento exemplar e dentro de seis meses estaria em liberdade.


 
Copyright © 2000 A Notícia - Fone: 055-0xx47 431 9000 - Fax: 055-0xx47 431 9100 - Rua Caçador, 112 - CEP 89203-610 - C. Postal: 2 - 89201-972 - Joinville - SC - BRASIL - EXPEDIENTE
 
Por: Torque Comunicação e Internet