Joinville         -         Sexta-feira, 6 de maio de 2005        -          Santa Catarina - Brasil
 
 

ANotícia  

P  
O  
L  
Í  
C  
I  
A  










Preso suspeito da quadrilha de "Seco"

Investigação teve início no RS e acabou em nBal. Camboriú

Rosângela Ricardo
Especial para A Notícia

Balneário Camboriú - As polícias Civil de Santa Catarina e Rio Grande do Sul capturaram, ontem, em Balneário Camboriú, no Litoral Norte Catarinense, mais um suspeito de integrar o bando que pratica ataques a carros blindados liderado pelo assaltante José Carlos dos Santos, o "Seco", considerado o foragido número um nos dois Estados. Sérgio Valdemar Cordeiro, 36 anos, foi preso, no início da manhã, no apartamento que mantinha em um condomínio de classe média no bairro Pioneiros. Ele pode ser um importante elo da quadrilha que age nos dois Estados.
Na avaliação do delegado Heliomar Athaydes Franco, da Delegacia de Roubos e Extorsões do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) de Porto Alegre (RS), Cordeiro teria participação indireta no confronto do último dia 8 de abril em Viamão (RS). Durante a troca de tiros viaturas da Polícia Civil foram alvejadas por rajadas de fuzil. O caso foi semelhante a outros assaltos a carros-fortes registrados nos dois Estados. O bando usou armas de grosso calibre, caminhão para obstruir a passagem e veículos roubados para auxiliar na fuga. "Depois eles usaram miguelitos para impedir a perseguição", detalha Franco. Os assaltantes nada levaram e logo depois abandonaram três veículos roubados.
"Conseguimos apreender um caminhão, uma caminhonete e um Escort", afirma. E foi dentro desta caminhonete que a polícia achou a ponta do iceberg: 37 fotografias, todas mostrando detalhes das fechaduras e do interior do blindado. Através da análise destas fotos a polícia do Rio Grande do Sul chegou à conclusão de que elas teriam sido elaboradas no Litoral Norte de Santa Catarina. "Possivelmente na cidade de Itajaí", frisou o policial.
As fotografias foram tiradas por Cordeiro enquanto um carro-forte da Prosegur passava por reparos no sistema elétrico em uma oficina no bairro Dom Bosco, em Itajaí. Cordeiro alegou aos mecânicos que as fotos serviriam para uma empresa de segurança de cofres. Já na Central de Polícia e Investigações ele acabou confessando que foi contratado para elaborar as fotos para o bando de "Seco".
Franco explicou que agora a polícia vai apurar se Cordeiro dava apoio logístico à quadrilha ou se prestava serviços eventualmente. Ele foi transferido ontem para Porto Alegre e deve ser enquadrado pela formação de quadrilha. Repassando as fotografias ao bando ele facilitou que tivessem acesso às iDetido com mais
de 200 fotos de mcrianças nuas

Jaraguá do Sul - A Polícia Civil prendeu, ontem à tarde, em Jaraguá do Sul, no Norte do Estado, o tinturista Márcio Paulo Vieira de Campos, 55 anos, acusado de pedofilia. Em sua casa foram encontradas mais de 200 fotografias de crianças e adolescentes nus e em cenas de sexo oral com o acusado. As fotografias também mostravam cenas do cotidiano de Campos com
as crianças como passeios a parques de diversão e no convívio familiar. No final do ano passado, o tinturista já havia sido acusado de molestar duas criancas e o processo está em andamento no Fórum.
Campos foi preso, através de um mandado judicial, quando estava no seu local de trabalho, em um salão de cabeleireiro. Algumas cartas sentimentais entre o acusado e as vítimas foram encontradas na casa de Campos.
A Políca está identificando as crianças que aparecem nas
fotografias para prestar depoimento. O delegado responsável pelo
caso, Uriel Ribeiro, diz que no depoimento Campos admitiu que mantinha encontros com as crianças das fotos e que as recompensava de diversas maneiras. "Ele contou que dava dinheiro, roupas, sapatos. Diz que as levava para passear no Parque do Beto Carreiro, entre outras coisas". Não existe acusação
de estupro por parte de nenhuma criança. Todas as acusações são de sedução.
O advogado do acusado, Flávio Alexandre Laube, afirma que Campos
está em tratamento psicológico e que vai entrar com o pedido de liberdade
provisória. "Vou alegar insanidade". O acusado responderá por atentado violento ao pudor e por violar o Estatuto da Criança e do Adolescente. Campos foi levado para o presídio de Jaraguá do Sul.


Líder perdeu
parte da visão

Joinville - O principal acusado de liderar a quadrilha de assaltantes de carros-fortes que age no Sul do País, José Carlos dos Santos, 25 anos, o "Seco", estaria com a visão prejudicada em um dos olhos. O criminoso teria ficado parcialmente cego depois de uma troca de tiros com a polícia em janeiro deste ano, próximo a Porto Belo, no litoral catarinense.
A informação teria sido repassada à Polícia Civil catarinense pelo comparsa dele conhecido como "Boneco", preso no Rio Grande do Sul. Apesar do problema de visão, "Seco" continuaria comandando os assaltos a blindados. O bandido atualmente é foragido número um no estado gaúcho e um dos mais procurados em Santa Catarina. Ele é considerado de alta periculosidade e sempre andaria armado com um fuzil.
O criminoso teria participado dos dois últimos ataques a carros-fortes no Estado ocorridos no mês passado em Seara, no Oeste, (dia 18) e em Joinville (19). Neste último, na serra Dona Francisca (rodovia SC-301), um dos seguranças, Carlos Roberto Rossi, 46 anos, morreu atingido na cabeça por uma bala de fuzil durante o assalto. A investigação para capturar "Seco" é realizada pela Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Deic) dos dois Estados. Os policiais estão em alerta a um possível ataque, já que nos dois últimos o bando não conseguiu roubar o dinheiro dos blindados. (Diogo Vargas)


Casal morre
em acidente na SC-301

Moto colidiu com Astra e casal foi arremessado a 50 metros de distância

São Bento do Sul - Acidente ontem, às 19h30, no km 129,5 da SC-301, próximo ao pavilhão de eventos da Promosul, em São Bento do Sul, no Planalto Norte, deixou duas pessoas mortas. Com a violência da batida, o casal Neide e Valdir Kruczkiewicz, que estava na moto Honda Biz MBP-7174 (São Bento do Sul) foi arremessado a uma distância de cinqüenta metros do local do impacto. Em seguida, um caminhão passou por cima do corpo da mulher, mutilando completamente o cadáver. O marido também morreu na hora, com fratura por todo o corpo e um forte traumatismo craniano.
Depois do acidente, o motorista do Astra MED-9872 (São Bento do Sul), Ângelo Antonio Ozéia, chegou a fugir do local, mas poucos minutos mais tarde ele se entregou na delegacia de São Bento. Bastante abalado, Ozéia disse que saiu de Campo Alegre e viajava com destino à sua residência em São Bento, quando deparou-se com a motocicleta em sua frente. O motorista conta que tentou frear, mas não foi possível evitar a batida.
Segundo Ozéia, o que fez com que ele saísse do local foi o pânico causado pela batida. "Olhei pelo retrovisor e vi os corpos caídos no chão. Aquilo me assustou", disse. Mesmo com o carro bastante danificado, ele conseguiu chegar em casa, quando então decidiu apresentar-se à delegacia. Segundo uma testemunha, o condutor do carro estava em alta velocidade no momento da batida. Os corpos foram encaminhados para o Instituto Médico Legal do município.


Trio foge, mas dois são
recapturados na Capital

Policiais cercam morro do Horácio, na Capital, na caçada a fugitivos

Florianópolis - A fuga de três detentos da ala de segurança máxima da Penitenciária Estadual de Florianópolis, na manhã de ontem, provocou uma grande mobilização policial na Capital. Até o início da noite, dois fugitivos tinham sido recapturados e o terceiro foragido não havia sido localizado. O trio responde por crimes de assalto e latrocínio. Os carcereiros foram rendidos pelos fugitivos na sala de visitas da ala de segurança máxima. A arma utilizada para reder os agentes prisionais entrou na penitenciária na vagina de uma visitante. Os dois detentos recapturados são Rudnei Ribeiro do Prado, 26 anos, assaltante e homicida, e Edemar Medeiros Nogueira, assaltante. O terceiro fugitivo é Sandro Souza da Silva, 26, também assaltante. Segundo o diretor da penitenciária, Heliomar Weirich, a fuga ocorreu às 10h30 de ontem. Rudnei e Edemar recebiam visitas de suas companheiras. A arma teria sido levada para o interior da instituição penal por Rosineri Maria de Oliveira, mulher de Rudnei.
Armado, Rudnei rendeu dois agentes prisionais que cuidam do setor e
obrigou um deles a buscar Sandro em sua cela. Enquanto isso, o outro
carcereiro ficou sob a mira de uma arma. O grupo usou os trajes e coletes dos dois carcereiros e foram em direção aos fundos da penitenciária, que faz limite com o morro do Horácio.
Quando estavam no pátio interno da penitenciária, foi detectada a
fuga e começou a perseguição. Ao chegar na rua Antônio Carlos Ferreira,
no morro do Horácio, os fugitivos renderam um vendedor de produtos de
limpeza, que estava com seu filho de seis anos, e tentaram fugir com sua
caminhonete Saveiro, mas bateram no muro. Edemar foi recpturado no canal central da via de contorno Norte da Beira-mar, em frente ao Supermercado Angeloni. Rudnei foi preso em uma obra no morro do Horácio.

Manchetes AN
Das últimas edições de Polícia
05/05 - PF apreende 846 kg de maconha no Sul
04/05 - Marcucci presta depoimento a juiz e nega autoria de crimes
03/05 - Presos 20 acusados de tráfico
02/05 - Trânsito mata 16 no fim de semana
01/05 - Onze mortes em pouco mais de 24 horas
30/04 - Fracassa assalto à agência do BB
29/04 - PM recupera mais de R$ 200 mil roubados

Leia também

Menino tem a mão amputada em acidente com trem

Siderópolis - A polícia do Sul do Estado deve abrir inquérito para apurar as causas do acidente em Siderópolis, na noite de quarta-feira, que terminou com a amputação da mão de um garoto de apenas 10 anos, que segue internado em estado grave. De acordo com a versão de B.R.S., que chegou a conversar com o pai antes de seguir para a UTI do Hospital São José, de Criciúma, ele teria sido agredido por outros adolescentes e em seguida arremessado contra um vagão de um dos trens da Ferrovia Tereza Cristina. "Ele me disse que foi jogado contra o trem e que quando caiu sua mão ficou embaixo do vagão e foi decepada", conta Valdir Eleutério da Silva, pai do menino.
Ainda segundo a versão apresentada pela vítima, ao perceberem o que havia acontecido, os adolescentes, com idade entre 13 e 17 anos, teriam arrastado o menino e o jogado no meio de um matagal às margens da ferrovia. Lá o menino aguardou por quase 12 horas até ser localizado durante a madrugada em uma ação que mobilizou familiares, bombeiros e as polícias Civil e Militar. O menino já havia perdido 60% do sangue e foi encaminhado ao Hospital São José em estado grave. Durante o atendimento os médicos precisaram fazer uma nova amputação no antebraço do garoto, que segue internado.
A policia quer descobrir agora qual versão é a verdadeira já que os adolescentes afirmam que o garoto teria caído sobre os trilhos sozinho. O acidente do menino só foi descoberto por volta das 21 horas, quando a polícia localizou a mão do menino sobre os trilhos da estrada de Ferro.


Descoberto no
Oeste carga de lança-perfume

Chapecó - Mateus Medeiros, 23 anos, foi preso em flagrante pela Polícia Militar, na noite de quinta-feira, com 84 frascos de lança-perfume. A detenção ocorreu no momento em que ele desembarcava no Terminal Rodoviário Raul Bartolamey, em Chapecó, no Oeste do Estado. Os entorpecentes estavam guardados em uma sacola plástica, junto com brinquedos e outros produtos. A bagagem foi revistada pelos policiais que suspeitaram do conteúdo. Eles descobriram que os frascos foram comprados em Ciudad Del Leste, no Paraguai, e seguiriam para Novo Hamburgo, no Rio Grande do Sul.
Medeiros foi encaminhado para a delegacia de Polícia Federal e depois para o Presídio Regional de Chapecó. O delegado Cleberson Alminhana comentou que, se condenado, o rapaz pode ficar preso entre três e 15 anos por crime de tráfico. Na delegacia, Mateus Medeiros teria contado que jogou na equipe júnior da Chapecoense em 2003. A polícia não informou se ele já tem ficha por outros crimes praticados no passado.


 

Copyright © 2000 A Notícia - Fone: 055-0xx47 431 9000 - Fax: 055-0xx47 431 9100 - Rua Caçador, 112 - CEP 89203-610 - C. Postal: 2 - 89201-972 - Joinville - SC - BRASIL -EXPEDIENTE
 
Por:Torque Comunicação e Internet