Jaraguá do Sul         -          Domingo, 16 de Março de 2003         -          Santa Catarina - Brasil
 
Experiência
Amistosos no futebol amador. Meia Welson é uma das atrações do Cruz de Malta para o jogo contra o Faixa Azul. ESPORTE
Adrenalina
Estadual de Canoagem começa em Benedito Novo. Emoções do circuito reiniciam neste final de semana. ESPORTE
 

MISSÃO
Padre Juarez Farias percorre o Brasil tentando detectar causas de determinados acontecimentos e solucioná-los
Foto: Amarildo Forte

Parapsicólogo tenta explicar fenômenos
Padre baiano Juarez Farias realiza duas palestras na segunda-feira em Jaraguá do Sul.

Áurea J. Arendartchuk

É comum as pessoas relatarem que já tiveram a impressão de terem passado por lugares onde nunca estiveram antes ou que pressentiram o recebimento de uma ligação telefônica de alguém em que estavam pensando ou até a morte de parentes. Casos simples como esses até outros de mais destaque noticiados na mídia como imagens de santos que choram sangue, objetos que são arremessados do nada e colchões que pegam fogo sozinhos são estudados e podem ser explicados pelo padre parapsicólogo Juarez Farias, que percorre o Brasil procurando casos de fenômenos, transtornos e milagres. O religioso estará nesta segunda-feira às 14 horas e às 19h30 no Colégio Marista São Luís em Jaraguá do Sul para proferir palestras sobre parapsicologia.
Natural de Ilhéus (BA), padre Juarez Farias tem 36 anos e há 14 anos atua como parapsicólogo. Começou seus estudos de doutorado em teologia dogmática com especialização em parapsicologia há oito anos. Mudou-se para São Paulo há seis anos, a fim de facilitar seus contatos com os casos que aparecem. Como tema de seu projeto de estudo, o religioso escolheu o assunto "Importância da parapsicologia para a formação do clero", auxiliado pelo padre Oscar Gonzales Quevedo, um dos maiores parapsicólogos do Brasil e apoiado pela Confederação dos Bispos do Brasil (CNBB).
Desde o início de sua tese, o padre Juarez já percorreu cidades de Norte a Sul do País para visitar, conhecer e esclarecer sobre fenômenos considerados muitas vezes pela população como milagres. "Com o passar dos anos, a igreja católica foi perdendo parte de seus fiéis porque não se admitia que fossem aliados ciência e fé para explicar milagres e fenômenos, por exemplo.
Dessa forma outras religiões cresceram e os pastores usaram a linguagem da massa para explicar certas fatos, mesmo que a explicação não fosse correta. Agora a igreja católica mudou com a aceitação dos padres parapsicólogos", comenta.

..............................................

INTRIGANTE
Imagem da santa de Platina que chora sangue
Foto: Divulgação

Mundo de truques e charlatões

Conforme destaca o padre, a parapsicologia é uma ciência que estuda e explica os fenômenos da paranormalidade, proveniente das faculdades humanas. "Existem charlatões por aí dizendo que são paranormais, mas não passam de bons mágicos, especialistas em truques. Outro fato comum de acontecer é que as pessoas dizem ver mortos ou imagens milagrosas. Esses casos precisam ser avaliados a fundo, pois podem tratar-se do fruto da imaginação", salienta.
Já com relação aos fenômenos paranormais, que podem ser manifestados por qualquer pessoa, o religioso diz que são espontâneos e incontroláveis, produzidos por pessoas e não seres inanimados. Define ainda que os transtornos (assim chamados na parapsicologia) são geralmente de ordem mental ou emocional relacionados a conflitos internos. Sobre os milagres, fala que acontecem em ambientes religiosos, sempre transmitindo uma mensagem. "Todos temos a capacidade de apresentar fenômenos paranormais, mas aqueles que apresentam em alto grau é porque desencadearam transtorno neuro-psicológico levando a fenômenos paranormais como a levitação de objetos, a produção de sons inexistentes no local e até a projeção de substâncias em figuras inanimadas".
Quando da manifestação desses fenômenos - gerados em sua maioria pelos traumas ou depressões - em casa ou outros locais, o padre orienta as pessoas a procurar ajuda de um psicólogo, psiquiatra ou parapsicólogo. No caso do parapsicólogo as terapias usadas para sanar o problema apresentado por pessoas transtornadas que produzem fenômenos são a hipnose e a regressão. (AA)

..............................................

Fenômenos confirmados

Nos últimos seis anos de trabalho, o parapsicólogo conta que encontrou casos que realmente tratavam-se de fenômenos paranormais e outros não passavam de falsidades. O padre conta o caso de imagem de Nossa Senhora que chorava sangue em Platina (SP). Depois de acompanhar o caso de novembro de 2001 a março de 2002, o padre descobriu que tratava-se de um rapaz que produzia o fenômeno paranormal. O rapaz foi tratado pelo padre através da parapsicologia. Um dos casos mais intrigantes até hoje relatados pelo padre é o da imagem de Nossa Senhora de Fátima que fica em Mirassol (SP) e chora lágrimas compostas de sal, mel e óleo, mas que em dez anos de estudos ainda não foi descoberta a causa desse fenômeno.
Além dos casos de imagens de santos, o padre já visitou famílias as quais objetos se moviam sozinhos dentro de casa e até paredes se abriam. Explica que também tratavam-se de pessoas que residiam na casa e sofriam de algum trauma e dessa forma acabavam originandos os fenômenos. Mas nem todos esses chamados de fenômenos são verdadeiros, muitos são truques imediatamente desvendados pelo padre.
Exemplo é o de Rubens Farias, o Dr. Fritz, que dizia fazer curas através da incorporação de um espírito. O padre Juarez comenta também sobre um dos casos mais recentes, dos santos que apareceram em janelas no ano passado. "Na crença popular seria um milagre, mas não passou de problemas na fabricação do vidro, fator que se acentuava com o excesso de umidade no ar levando ao aparecimento de traços coloridos comparados com imagens de santos por algumas pessoas", descreve.
Inscrições para a palestra do padre Juarez Farias na segunda-feira em dois horários, às 14 horas ou às 19h30, podem ser feitas na Papelaria C&M pelo telefone 275-3444 ao custo de R$ 10,00. O padre também atenderá pessoas que tenham notado fenômenos paranormais dentro de casa. (AA)

Manchetes ANJ
Das últimas edições de AN Jaraguá
15/03 - Alunos dão aulas voluntárias de inglês
14/03 - Infiltração provoca ruptura em asfalto no Rio Molha
13/03 - Moradores reivindicam água potável no bairro Duas Mamas
12/03 - Conselheiros reafirmam compromisso
11/03 - Doença do trabalho atinge mais a mulher
10/03 - Sebo já não é visto com preconceito
08/03 - Flagelados aguardam ajuda da Prefeitura

Leia também

Nesta edição

PFL pretende disputar a eleição com nome próprio
Novo presidente do diretório não descarta partido em coligação. POLÍTICA

Faltou diálogo
Presidente do PFL admite desavenças na coligação. OPINIÃO

 

Copyright © 2000 AN Jaraguá - Fone: 055-0xx47 275 9700 - Rua João Picolli, 44 - CEP 89.251-590 - Jaraguá do Sul - SC - BRASIL -
 
Por: Torque Comunicação e Internet